Galáxia lenticular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Esquema da classificação de Hubble para galáxias. No ponto em que há bifurcação entre o ramo de galáxias espirais (S) e galáxias espirais barradas (SB), encontram-se as galáxias lenticulares, simbolizadas por S0.[1]
A Galáxia do Fuso (NGC 5866), uma galáxia lenticular na constelação do Dragão. Esta imagem mostra que galáxias lenticulares podem reter uma quantidade considerável de poeira em seu disco. Não há quase gás e, por isso, são consideradas deficitárias em material interestelar.

Uma galáxia lenticular (denotada por S0) é um tipo de galáxia que é um intermediário entre uma galáxia elíptica e uma galáxia espiral na sequência do esquema de classificação Hubble.[1] Essas galáxias contêm grandes discos, porém não possuem braços espirais,[1] já havendo consumido ou perdido a maior parte do seu material interstelar.

Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. a b c S.O., Kepler 2014, p. 609

Bibliografia[editar | editar código-fonte]