Galáxia em anel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Galáxia em Anel - Zw II 28[1]
Objeto de Hoag, uma galáxia em anel. Uma outra galáxia em anel vermelha pode ser vista atrás dela.

Uma galáxia em anel é uma galáxia com uma aparência circular. O objeto de Hoag, descoberto por Art Hoag em 1950 é um exemplo de uma galáxia em anel.[2]

O anel contém muitas estrelas azuis relativamente jovens e massivas que são extremamente brilhantes. A região central contém matéria pouco luminosa. Alguns astrônomos acreditam que galáxias em anel são formadas quando uma galáxia menor passa pelo centro de uma galáxia maior. Como a maior parte da galáxia consiste de espaço vazio, esta colisão raramente resulta em colisões entre estrelas. Entretanto, a perturbação gravitacional causada por este evento causaria uma onda de formação de estrelas percorrendo a galáxia maior. Outros astrônomos pensam que os aneis são formados em torno das galáxias quando ocorre acreção externa. A formação estelar então ocorreria com o material acretado.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «One ring to rule them all». ESA/Hubble. Consultado em 2 de abril de 2013 
  2. «Hoag's Object: A Strange Ring Galaxy». NASA e Michigan Technological University. 9 de setembro de 2002. Consultado em 2 de dezembro de 2014 
  3. Appleton, P.N.; Struck-Marcell, Curtis (1996). «Collisional Ring Galaxies». Consultado em 2 de dezembro de 2014