Gerard J. M. van den Aardweg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Gerard J. M. van den Aardweg (* 1936 em Haarlem, conhecido como Gerard J. van den Aardweg) é um psicólogo natural dos Países Baixos, que se ocupa principalmente com a homossexualidade.

Estudou psicologia na Universidade de Leiden e recebeu o título de PH. D. em psicologia na Universidade de Amsterdã. Trabalha como terapeuta há quase 50 anos em sua pátria, Holanda. Especializou-se em casos de homossexualismo e de problemas conjugais. Ministrou conferências no mundo todo, no Brasil inclusive Pontifícia Universidade Católica de Campinas(PUC-Campinas), escrevendo diversos livros sobre homossexualidade e pedofilia, assim como a relação destes temas com outros: a atração homoerótica no sacerdócio, a Humanae Vitae e os efeitos da paternidade homossexual.

Van den Aardweg foi membro do Comitê Científico Assessor da Associação Nacional para a Pesquisa e Terapia da Homossexualidade, desde que a organização foi fundada em 1992. É também o editor europeu da revista Empirical Journal of Same-Sex Sexual Behavior.

Os livros publicados por ele incluem: A Batalha pela normalidade sexual, Homossexualidade e Esperança, Autopiedade Neurotica e Terapia Antiqueixa, e On the Origins and Treatment of Homosexuality.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]