Gong Gong

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gong Gong (chinês tradicional: 共工) é um deus das águas da mitologia chinesa, resposável pelas grandes enchentes,[1] trabalhando em conjunto com Xiang Yao (chinês tradicional: 相繇), um ser de nove cabeças e corpo de cobra.[1] Diz a mitologia chinesa que Gong Gong sentiu-se envergonhado por ter perdido a luta pelo trono do Céu (Paraíso) e, por isso, em um ato de intensa raiva, bateu violentamente sua cabeça contra a montanha Bizhou (不周山), um dos pilares que sustentava o firmamento.[2] O pilar sofreu enormes danos, fazendo com que o céu pendesse para o noroeste e a Terra para o sudeste, causando a inclinação deste último como conhecemos hoje. Esse acontecimento trouxe grandes enchentes, levando sofrimento ao povo. Nu Kua (女媧), importante e benevolente deusa, decepou as pernas de uma tartaruga gigante, utilizando-as para substituir o pilar danificado, remediando a situação; entretanto, ela não conseguiu corrigir completamente a inclinação do céu.[2] Isso explica o movimento do sol, lua e estrelas para o noroeste e o curso dos rios da China para o sudeste, desaguando no Oceano Pacífico.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Lindemans, Micha F. «Encyclopedia Mythica». Consultado em 13 de agosto de 2009 (em inglês)
  2. a b Saunders, Chas. «Chinese Mythology». Consultado em 13 de agosto de 2009 (em inglês)