Great Western of Brazil Railway

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Great Western)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

The Great Western of Brazil Railway Company Limited foi uma empresa ferroviária inglesa que construiu e explorou ferrovias no Nordeste do Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Alguns capitalistas ingleses criaram, em Londres, em 1872, uma companhia que se destinava a construir ferrovias no Brasil, espelhando-se na Great Western Railway Company, criada em 1835, e que fazia a ligação LiverpoolBristol a Londres.

Seu funcionamento no Brasil foi autorizado em 1873, quando conseguiu a concessão para construir uma ferrovia em Pernambuco que ligaria o Recife a Limoeiro.

Em 1881 iniciou o funcionamento, com a conclusão do primeiro trecho (Recife–Paudalho). Em 1896 construiu a ferrovia Recife–Caruaru e no início do século XX, arrendou as demais ferrovias do estado. Construiu prolongamentos de linhas já existentes, por exemplo, o trecho entre Tacaimbó e Afogados da Ingazeira na Linha Centro do estado de Pernambuco.

Em 1945 a Great Western possuía mais de 1.600 km de ferrovias, alcançando outros estados do Nordeste. Já em 1951[1] encerrou suas atividades no Brasil, sendo sucedida pela Rede Ferroviária do Nordeste, antecessora da Rede Ferroviária Federal S. A. (RFFSA).

Transporte[editar | editar código-fonte]

A Great Western fazia o transporte de passageiros e cargas, ajudando a escoar os produtos agrícolas do interior de Pernambuco e do Nordeste.

Em 1953 a sua sucessora, a RFN, adquiriu junto à English Electric treze locomotivas diesel-elétricas do tipo EE RFN, iniciando a dieselização de suas linhas.

Referências

  1. Setti, João Bosco,. Ferrovias no Brasil: um século e meio de evolução. Rio de Janeiro: Memória do Trem, 2008. ISBN 978-85-86094-09-5

Ligações externas[editar | editar código-fonte]