Guerra de Ōnin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marcador na localização do foco da Guerra de Ōnin.

A Guerra de Ōnin (応仁の乱, Ōnin no Ran?) foi uma guerra civil que durou 10 anos (1467-1477) durante o período Muromachi no Japão.1 Uma disputa entre Hosokawa Katsumoto e Sōzen Yamana escalou para uma guerra que envolveu todo o país, o shogunato Ashikaga e uma série de daimyo em muitas regiões do Japão.

A guerra iniciou o Sengoku jidai, "o Período dos Estados Guerreiros". Este período foi uma longa luta prolongada pela dominação por um daimyo único, resultando em uma massissa luta pelo poder entre as várias casas para dominar todo o Japão. Foi durante este período, porém, que três indivíduos emergiram e que viriam a ser considerados os três grandes daimyo do período Sengoku, e que acabariam por unir o Japão sob uma lei; eles eram Oda Nobunaga, Toyotomi Hideyoshi e Tokugawa Ieyasu.

Referências

  1. No nome "Guerra de Ōnin", o substantivo "Ōnin" refere-se à nengō (Eras do Japão), após "Bunshō" e antes "Bunmei". Em outras palavras, a Guerra de Ōnin ocorreu durante Ōnin, que foi um período que abrange os anos de 1467 até 1469.
Ícone de esboço Este artigo sobre o Japão é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.