Hans-Heinz Augenstein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hans-Heinz Augenstein
Nascimento 11 de julho de 1921
Pforzheim-Brötzingen, Baden
Morte 7 de dezembro de 1944 (23 anos)
Münster, Alemanha
Nacionalidade alemão
Cargo Staffelkapitän da 12./NJG 1
Serviço militar
Patente Hauptmann

Hans-Heinz Augenstein (Pforzheim-Brötzingen, Baden 11 de Julho de 1921 - 7 de Dezembro de 1944) foi um piloto da Alemanha na Segunda Guerra Mundial, tendo abatido um total de 46 aeronaves inimigas, todas a noite, sendo destas, 45 bombardeiros quadrimotores.[1][2][3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em Julho de 1942, serviu com a NJG 1 e o então Leutnant Augenstein foi enviado para a 3./NJG 1. Atingiu a sua primeira vitória na noite de 31 Julho/1 Agosto, quando abateu um bombardeiro bimotor Wellington da RAF próximo de Ahlhorn.[2]

No final de 1942, Augenstein foi transferido para a 7./NJG 1. Na noite de 27/28 de Maio ele abateu mais quatro aeronaves tendo chegado a liderança de sua unidade em 31 de Janeiro de 1944. No dia 1 de Março de 1944, Augenstein foi designado Staffelkapitän da 12./NJG 1.[2]

O Oberleutnant Augenstein foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro no dia 9 de Junho de 1944. Durante o ano de 1944, Augenstein abateu 42 aeronaves inimigas. Registrou as suas últimas três vitórias na noite de 4/5 de Novembro de 1944.[2]

Na noite de 6/7 de Dezembro de 1944, o seu Bf 110 G-4 (W.Nr. 140 078) “G9 + HZ” foi abatido a 10 km a noroeste de Münster-Handorf por um caça noturno da RAF. Augenstein e seu Bordfunker foram mortos, mas o seu Bordschütze conseguiu sair ileso.[2]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Hans-Heinz Augenstein» (em alemão). Lexikon der Wehrmacht. Consultado em 11 de janeiro de 2014 
  2. a b c d e f «Hans-Heinz Augenstein» (em inglês). Aces of the Luftwaffe. Consultado em 11 de janeiro de 2014 
  3. «Hans-Heinz Augenstein» (em inglês). WW2 Awards. Consultado em 11 de janeiro de 2014