Hemocaterese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A hemocaterese é um processo pelo qual as hemácias e demais elementos figurados do sangue envelhecidos são eliminadas da circulação[1] . Uma hemácia vive em média de 90 a 120 dias, ao passar esse período de vida essas células são destruídas através de fagocitose - processo utilizado pela célula para englobar partículas sólidas[2] - que será realizado pelo baço[3] e também pelo fígado. No fígado, por sua vez, a hemocaterese é realizada pelas células de Kupffer que fagocitam as hemácias velhas e liberam o ferro contido nas moléculas de hemoglobina.

Referências

  1. «hemocatarese». iDicionário Aulete. Consultado em 5 de dezembro de 2010.  Ligação externa em |publicado= (Ajuda)
  2. «Fagocitose». Consultado em 7 de maio de 2015. 
  3. «Distúrbios pigmentares». Instituto de Ciências Biológicas da UFMG. Consultado em 10 de setembro de 2013.  Ligação externa em |publicado= (Ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre Fisiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.