Henry Augustus Pilsbry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Henry Augustus Pilsbry
Biologia
Henry Augustus Pilsbry (1914)
Nascimento 7 de dezembro de 1862
Local Iowa City (Iowa)
Morte 26 de outubro de 1957 (94 anos)
Local Lantana (Flórida)
Atividade
Campo(s) Biologia
Prêmio(s) Prêmio Leidy (1928)

Henry Augustus Pilsbry (Iowa City (Iowa), 7 de dezembro de 1862Lantana (Flórida), 26 de outubro de 1957) foi um biólogo, malacólogo e carcinólogo.[1][2] Notabilizou-se pelo seu estudo dos cirrípedes (Cirripedia) e moluscos (Mollusca), em particular dos polyplacophora e dos gastrópodes terrestres. Era considerado a maior autoridade mundial do seu tempo na taxonomia de cirrípedes e caracóis.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Obteve na Universidade de Iowa o grau de BS em 1882.

Trabalhou como jornalista de 1882 a 1887 em Iowa City e em Davenport.

Em 1887 obteve um cargo de assistente na Academia das Ciências Naturais de Filadélfia (Academy of Natural Sciences of Philadelphia ou ANSP), instituição onde foi, de 1885 a 1895, conservador de conquiliologia. Entre 1889 e 1932 dirigiu a publicação do Manual of Conchology (Manual de Conquiliologia) e a partir de 1897, e até morrer em 1957, foi conservador da Academia.

Fundou em 1889 a revista Nautilus, cuja edição dirigiu até morrer. Foi também fundador e primeiro presidente da American Conchological Society.

Recebeu em 1899 o título de doutor honoris causa da Universidade de Iowa.

Publicou em 1916 The Sessile Barnacles (Cirripedia) Contained in the Collections of the U.S. National Museum; Including a Monograph of the American Species, seguida em 1927 por um estudo dos moluscos recolhidos no Congo Belga, obra editada em colaboração com Joseph Charles Bequaert (1886-1982). Recebeu em 1928 o Prêmio Leidy da ANSP.

Em 1931 foi escolhido para primeiro presidente da American Malacological Union, da qual foi depois nomeado presidente honorário em 1936-1937.

Em 1939 publicou o primeiro volume (o segundo saiu em 1948) da sua obra Land Mollusca of North America (North of Mexico). Em 1940 a Universidade da Pensilvânia também lhe concedeu o título de doutor honoris causa.

Pilsbry é autor de cerca de 3 000 publicações, das quais cerca de 1 200 no seu periódico Nautilus. Descreveu mais de 6 000 novas espécies.

Notas

  1. The Nautilus 71 (3): 73-83.
  2. R. Tucker, 1973. Register of American malacologists: a national register of professional and amateur malacologists and private shell collectors (ISBN 0913792020).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]