Henry Augustus Pilsbry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Henry Augustus Pilsbry
Henry Augustus Pilsbry (1914)
Nascimento 7 de dezembro de 1862
Iowa City (Iowa)
Morte 26 de outubro de 1957 (94 anos)
Lantana (Flórida)

Henry Augustus Pilsbry (Iowa City (Iowa), 7 de dezembro de 1862Lantana (Flórida), 26 de outubro de 1957) foi um biólogo, malacólogo e carcinólogo.[1][2] Notabilizou-se pelo seu estudo dos cirrípedes (Cirripedia) e moluscos (Mollusca), em particular dos polyplacophora e dos gastrópodes terrestres. Era considerado a maior autoridade mundial do seu tempo na taxonomia de cirrípedes e caracóis.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Obteve na Universidade de Iowa o grau de BS em 1882.

Trabalhou como jornalista de 1882 a 1887 em Iowa City e em Davenport.

Em 1887 obteve um cargo de assistente na Academia das Ciências Naturais de Filadélfia (Academy of Natural Sciences of Philadelphia ou ANSP), instituição onde foi, de 1885 a 1895, conservador de conquiliologia. Entre 1889 e 1932 dirigiu a publicação do Manual of Conchology (Manual de Conquiliologia) e a partir de 1897, e até morrer em 1957, foi conservador da Academia.

Fundou em 1889 a revista Nautilus, cuja edição dirigiu até morrer. Foi também fundador e primeiro presidente da American Conchological Society.

Recebeu em 1899 o título de doutor honoris causa da Universidade de Iowa.

Publicou em 1916 The Sessile Barnacles (Cirripedia) Contained in the Collections of the U.S. National Museum; Including a Monograph of the American Species, seguida em 1927 por um estudo dos moluscos recolhidos no Congo Belga, obra editada em colaboração com Joseph Charles Bequaert (1886-1982). Recebeu em 1928 o Prêmio Leidy da ANSP.

Em 1931 foi escolhido para primeiro presidente da American Malacological Union, da qual foi depois nomeado presidente honorário em 1936-1937.

Em 1939 publicou o primeiro volume (o segundo saiu em 1948) da sua obra Land Mollusca of North America (North of Mexico). Em 1940 a Universidade da Pensilvânia também lhe concedeu o título de doutor honoris causa.

Pilsbry é autor de cerca de 3 000 publicações, das quais cerca de 1 200 no seu periódico Nautilus. Descreveu mais de 6 000 novas espécies.

Notas

  1. The Nautilus 71 (3): 73-83.
  2. R. Tucker, 1973. Register of American malacologists: a national register of professional and amateur malacologists and private shell collectors (ISBN 0913792020).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]