Hermínia de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hermínia
Arquiduquesa da Áustria
Princesa de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym
Hermina Anhalt Bernburg Schaumburg Hoym.jpg
Hermínia
Cônjuge José de Áustria-Toscana
Descendência Hermínia da Áustria
Estêvão da Áustria
Casa Ascânia (por nascimento)
Habsburgo-Lorena (por casamento)
Nascimento 2 de dezembro de 1797
  Hoym, Saxônia-Anhalt, Alemanha
Morte 14 de setembro de 1817 (19 anos)
  Budapeste, Hungria
Pai Vítor II, Príncipe de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym
Mãe Amália de Nassau-Weilburg

Hermínia Amália Maria de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym (em alemão: Hermine Amalie Marie; Hoym, 2 de dezembro de 1797Budapeste, 14 de setembro de 1817)[1] foi a segunda esposa do arquiduque José de Áustria-Toscana.

Família[editar | editar código-fonte]

Hermínia foi a filha mais velha do príncipe Vítor II, Príncipe de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym e da princesa Amália de Nassau-Weilburg.Os seus avós paternos eram o príncipe Carlos de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym e a princesa Leonor de Solms-Braunfels. Os seus avós maternos eram o príncipe Carlos Cristiano, Príncipe de Nassau-Weilburg e a princesa Carolina de Orange-Nassau.[2]

Entre os seus irmãos estava a princesa Ema de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym, esposa de Jorge II, Príncipe de Waldeck e Pyrmont.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Hermínia casou-se no dia 30 de agosto de 1815 em Schaumburg. Tinha dezassete anos e o marido trinta e nove. O arquiduque José não tinha herdeiros masculinos visto que a sua primeira esposa, a grã-duquesa Alexandra Pavlovna da Rússia, morreu ao dar à luz um bebé que nasceu morto.

A princesa Hermínia também morreu ao dar à luz, aos dezanove anos de idade, depois do nascimento de dois gémeos, um rapaz e uma rapariga. Ambos os seus filhos morreram solteiros e sem descendência. No dia 24 de agosto de 1819 o seu marido voltou a casar-se, desta vez com a princesa Maria Doroteia de Württemberg.

Referências

  1. The Peerage
  2. C. Arnold McNaughton, The Book of Kings: A Royal Genealogy, in 3 volumes (London, U.K.: Garnstone Press, 1973), volume 1, page 205.