Hernaco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Império de Átila

Hernaco,[1] Hernac ou Ernakh foi um dos filhos de Átila e governou parte dos hunos depois da morte do pai. Como parte do processo de desintegração do Império Huno, ele, ao contrário do irmão Dengizico, conseguiu entrar em acordo com Império Romano e obteve o direito de governar um território em Dobruja (Romênia), na fronteira oriental do império na Europa.

Alguns acadêmicos identificam Hernaco com um rei mítico dos protobúlgaros chamado Irnik que teria reinado entre 453 e 503, durante o período epónimo, e citado na Nominália dos Cãs Búlgaros. Segundo esta obra, ele foi antecedido por Avitohol e sucedido por Gostun.

Referências

  1. Pinto 2009, p. 14.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Pinto, Otávio Luiz Vieira. «VIR IN CONCUSSIONE GENTIVM NATVS IN MVNDO. PROPOSIÇÕES ACERCA DO PODER RÉGIO ENTRE ÁTILA E OS HUNOS (SÉC. V)». Curitiba: Universidade Federal do Paraná 
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.