História de Papua-Nova Guiné

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mulheres da ilha de Samarai fumando cachimbo em gravura de 1887 do jornal alemão Die Gartenlaube

Há aproximadamente 60 000 anos atrás, os primeiros seres humanos chegaram à Papua Nova Guiné, provavelmente procedentes do Sudeste da Ásia durante a Idade do Gelo. Eram caçadores-coletores.

A ilha foi descoberta por navegadores portugueses em 1511, que lhe deram o nome de Nova Guiné. Nos anos seguintes, muitos exploradores europeus desembarcaram na ilha, que acabou, em 1885, dividida em três partes: a norte (Nova Guiné) ficou com a Alemanha, a ocidental com a Holanda e a do sul (Papua) com a Grã-Bretanha, que, em 1902, a entregou à administração da Austrália, que se tornara independente no ano anterior. Vencida na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), a Alemanha perdeu sua parte, que passou para administração australiana. Ambas as partes, norte e sul, fundiram-se numa só após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), adquirindo o nome de Papua Nova Guiné. Em 16 de setembro de 1975, a Papua Nova Guiné conseguiu sua independência.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre História de Papua-Nova Guiné

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bandeira de Papua-Nova Guiné Papua-Nova Guiné
Brasão • Cultura • Demografia • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens