Hiwis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hiwi (ˈhiːviː) é uma palavra alemã que significa "assistente voluntário"[1] (Hilfswilliger) ou "cientista assistente" (Hilfswissenschaftler).[2]

Hilfswilliger ("voluntary assistant")[editar | editar código-fonte]

Dois voluntários russos na Wehrmacht condecorados com a General Assault Badge.

O termo se tornou popular durante a Segunda Guerra Mundial quando os alemães alistavam voluntários nos territórios ocupados para serviços suplementares (motoristas, cozinheiros, atendentes de hospital, etc.).[3] [4] [5]

Referências

  1. Beevor, Anthony (1999). Stalingrad (Londres: Penguin). p. 184. ISBN 0-14-024985-0. 
  2. Beevor, Anthony (1999). Stalingrad (Londres: Penguin). p. 186. ISBN 0-14-024985-0. 
  3. Beevor, Anthony (1999). Stalingrad (Londres: Penguin). pp. 184–185. ISBN 0-14-024985-0. 
  4. Davies, Norman (2007). Europe at War 1939-1945: No Simple Victory (Londres: Pan Books). p. 169. ISBN 978-0-330-35212-3. 
  5. Beevor, Anthony (1999). Stalingrad (Londres: Penguin). p. 185. ISBN 0-14-024985-0. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Literatura[editar | editar código-fonte]

  • Ordinary men : Reserve Police Battalion 101 and the Final Solution in Poland, New York : HarperCollins, 1992.
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.