Icon for Hire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde Maio de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Icon for Hire
Icon For Hire no The Garage em 2011. Da esquerda para a direita: Shawn Jump, Adam Kronshagen, Ariel Bloomer e Josh Kincheloe.
Informação geral
Origem Decatur, Illinois
País  Estados Unidos
Gênero(s) Pop punk
Punk rock
Hard rock

Rock alternativo
Metal alternativo
Rock eletrônico
Rap rock
Período em atividade 2007 - atualmente
Gravadora(s) Tooth & Nail Records
Influência(s) Linkin Park
Breaking Benjamin
Pantera
Mötley Crüe
Rage Against the Machine
Skrillex
The Black Eyed Peas
Dessa
Britney Spears
Lady Gaga
Influenciado(s) Echoheart
Integrantes Ariel Bloomer
Shawn Jump
Ex-integrantes Adam Kronshagen
Josh Kincheloe
Joshua Davis
Página oficial Site Oficial

Icon for Hire é uma banda americana de punk rock de Decatur, Illinois. Formada em 2007, a formação atual da banda consiste na vocalista Ariel e no guitarrista Shawn Jump. Seu álbum de estréia, Scripted, foi lançado pela gravadora Tooth & Nail em 23 de agosto de 2011, e desde então tem quebrado recordes para primeira semana de vendas de um álbum de estréia além de fazer sete paradas da Billboard.

História[editar | editar código-fonte]

Origem (2007-2009)[editar | editar código-fonte]

Ariel conheceu Jump em 2007 e, ao descobrir que ele tocava guitarra, iniciou uma colaboração musical entre os dois. Quando a necessidade de um baterista surgiu, Jump recrutou Adam Kronshagen, com quem tinha jogado casualmente como um membro da cena local do partido (dos quais Jump foi de seis meses limpo na época). O baixista Joshua Davis juntou-se a banda que foi formada oficialmente em dezembro do mesmo ano. A banda tocou seu primeiro show em um clube local diante de uma platéia de familiares e amigos, que deram a eles uma recepção positiva, embora, por admissão própria da banda, eles deram um péssimo desempenho. Ariel foi citada como tendo dito do desempenho, "Nossa paixão pela música estava lá, qualquer coisa que faltava em som que compensou com entusiasmo." Ao longo dos próximos dois anos, a banda fez tour por todo o Centro-Oeste e lançou dois EPs, Icon for Hire EP (2008) e o The Grey EP (2009). No mesmo ano com o lançamento deste último, o baixista original Joshua Davis deixou a banda.

Tooth and Nail e Scripted (2009-2011)[editar | editar código-fonte]

Guitarrista Shawn Jump tocando em um show em 2011

No final de 2009, a banda foi contratada pela Tooth & Nail records através do Myspace. A gravadora, em seguida, enviou representantes para um dos shows da banda, e eventualmente assinou com eles em julho de 2010. "Estamos entusiasmados em se juntar a um grupo tão bem estabelecido e respeitado como a Tooth & Nail", compartilhou a banda em cima de sua assinatura . "É uma gravadora que tem uma história de sempre apresentar uma boa música e realmente trabalhando lado a lado com seus artistas. Porque estamos fazendo isso por conta própria há mais de dois anos, e parece muito boa a parceria com a Tooth & Nail. Nós mal podemos esperar para gravar nosso álbum de estréia e ver onde esta estrada nos leva". Eles passaram o último trimestre de 2010 no estúdio com o produtor Rob Hawkins e Aaron Sprinkle para gravar seu álbum de estréia em primeiro lugar, Scripted, que foi lançado pela gravadora em 23 de agosto de 2011. O álbum alcançou na Billboard EUA #7 para álbuns de hard rock, #5 para álbuns cristãos, #16 para álbuns alternativos, #22 para álbuns de rock e #95 na Billboard 200. Ele também vendeu mais de 4.300 unidades no primeiro mês de lançamento e quebrou o recorde de vendas na primeira semana em um álbum de estréia da Tooth & Nail. A banda também obteve sucesso com o single "Make A Move", que atingiu a posição #13 em R&R/Billboard's Christian Rock e teve um vídeo da música lançado exclusivamente online pelo site da revista Guitar World. Também em 2011, a banda adquiriu o baixista Josh Kincheloe.

Icon For Hire (segundo álbum de estúdio)[editar | editar código-fonte]

De acordo com uma entrevista em fevereiro de 2012 para a TVU, a banda estava nos estágios iniciais de escrever canções para um segundo álbum, mas com planos para fazer tour ao máximo que puder para o restante de 2012. No início de 2013, eles entraram no estúdio em Los Angeles com o produtor Mike Green para gravar o novo álbum, com previsão de lançamento para o outono do mesmo ano. Os títulos de algumas músicas que fariam parte do álbum foram revelados em suas redes sociais, entre elas Sorry About Your Parents e Slow Down. Em 15 de Agosto de 2013 a banda divulgou o primeiro single do seu segundo álbum de estúdio, chamado Cynics and Critics. O álbum foi lançado em 15 de Outubro de 2013 e alcançou na Billboard EUA #8 para álbuns de hard rock, #4 para álbuns cristãos, #16 para álbuns alternativos, #20 para álbuns de rock e #66 na Billboard 200.

Saída da Tooth and Nail e You Can't Kill Us: 2015–presente[editar | editar código-fonte]

Em 6 de junho de 2015, Icon For Hire anunciou que quebrou seu contrato com a Tooth & Nail Records para se tornar independente, citando diferenças criativas, ideológicas e técnicas com a gravadora. Eles simultaneamente anunciaram que iriam lançar uma música nova e lançaram a música, "Now You Know". Icon For Hire lançou um EP (em versão limitada) contendo as músicas Now You Know e Bam Bam Pop. Em 12 de fevereiro do mesmo ano, a banda postou em seu canal oficial no YouTube o clipe oficial da música Now You Know.

Em 20 de novembro de 2015, a banda anunciou que Adam Kronshagen estava deixando a banda, a fim de se concentrar mais em sua família, e que a banda iria continuar.

Em 15 de março de 2016, a banda anunciou uma campanha Kickstarter para seu novo álbum, "You Can't Kill Us". O álbum seria lançado em todo o ano, com três novas canções lançadas a cada três meses. A banda arrecadou US $ 127.200, superando a meta inicial de US $ 2.016.

Até o momento, foram realizadas 6 músicas para o álbum You Can't Kill Us:

  • Here We Are
  • Supposed To Be
  • You Were Wrong (que recebeu um videoclipe)
  • Get Well II
  • Happy Hurts (que recebeu um Lyric Video)
  • Pulse

Membros da Banda[editar | editar código-fonte]

  • Ariel Bloomer – vocais e teclado (2007–presente)
  • Shawn Jump – guitarra(2007–presente)
Ex-Integrantes
  • Joshua Davis – baixo e "unclean vocals" (2007–2009)
  • Josh Kincheloe – baixo e backing vocals (2011–2014)
  • Adam Kronshagen – bateria (2007–2015)

Discografia[editar | editar código-fonte]

EPs
Albúns de Estúdio
Ano Título Gravadora Posições
Top 200 Álbuns

de Rock

Álbuns Cristãos Álbuns Alternativos Álbuns de

Hard Rock

Álbuns

Independentes

2011 Scripted Tooth & Nail Records 95 22 5 16 7
2013 Icon For Hire Tooth & Nail Records 66 20 4 16 8 11
2016 You Can't Kill Us
Singles
Ano Título Álbum
2011 "Make A Move" Scripted
"Get Well"
"The Grey"
"Off With Her Head"
"Fight"
"Iodine"
"Pieces"
2013 "Cynics & Critics" Icon For Hire
"Sugar & Spice"
2014 "Counting on Hearts"
"Sorry About Your Parents"
2015 "Now You Know" Now You Know
"Bam Bam Pop"
2016 "Here We Are" You Can't Kill Us
"Supposed To Be"
"You Were Wrong"
"Get Well II"
"Happy Hurts"
"Pulse"
Videoclipes
Ano Música Diretor
2011 "Make A Move" Van Alan Blumreich
"Get Well"
2012 "Off With Her Head" Daniel Quinones
2013 "Cynics & Critics"
2016 "Now You Know" Jamie Holt
"Happy Hurts"
"Supposed To Be" Jamie Holt
Contribuições
Ano Compilação Gravadora Música
2011 Tooth & Nail Records Summer Sampler 2011 Tooth & Nail Records "Make A Move"
Now Hear This! 7.0 Sparrow Records
A Very Tooth & Nail Christmas Sampler Tooth & Nail Records
Outras Músicas
  • "Conversation With A Rockstar"
  • "Sno"
  • "Perfect Storm"
  • "One Million Ways"

Referências[editar | editar código-fonte]