Ilírios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Os ilírios (em grego clássico: Ἰλλυριοί, Illyrioi; em latim: Illyrii ou Illyri) eram um povo indo-europeu que habitou o oeste dos Bálcãs[1] (do Epiro à Panônia) e partes do sul da Itália no início da Era Cristã. Eles falavam línguas que estão agrupadas como línguas ilíricas, um ramo separado do indo-europeu.

Os ilírios devem ter aparecido na parte ocidental da península Balcânica por volta de 1000 a.C., no período que coincide com o fim da Idade do Bronze e o começo da Idade do Ferro. Os ilírios não eram um corpo unificado mas um grupo de várias tribos diferentes.[2] Essas tribos, contudo, possuiam uma cultura comum e línguas faladas relacionadas.

Se a língua albanesa descende de uma língua ilíria é um ponto de disputa entre os acadêmicos. A única língua ilíria atestada é o messápico, que não é proximo do albanês.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Frazee 1997, p. 89: "The Balkan peninsula had three groups of Indo-Europeans prior to 2000 BC. Those on the west were the Illyrians; those on the east were the Thracians; and advancing down the southern part of the Balkans, the Greeks."
  2. Wilkes 1992, p. 38: "Just as ancient writers could discover no satisfactory general explanation for the origin of Illyrians, so most modern scholars, even though now possessed of a mass of archaeological and linguistic evidence, can assert with confidence only that Illyrians were not a homogeneous entity, though even that is today challenged with vigour by historians and archaeologists working within the perspective of modern Albania."
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.