Ilha do Chipre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ilha de Chipre)
Ir para: navegação, pesquisa
Ilha de Chipre
LocationCyprus.svg
35.167° N 33.4° O
Geografia física
Países  Chipre
 Chipre do Norte
 Reino Unido
Localização Mar Mediterrâneo
Ponto culminante Monte Olimpo
Área 9 251  km²
Geografia humana
População 1 102 677 (2010)
Densidade 119,2  hab./km²
Cyprus lrg.jpg
Imagem de satélite da ilha.

O Chipre (em grego Κύπρος, em turco Kıbrıs) é uma ilha localizada na Bacia do Levante, que constitui a parte mais oriental do Mar Mediterrâneo, muitas vezes considerada europeia (política e culturalmente[1]), porém se encontra situada ao sul da Anatólia (parte asiática da Turquia moderna) e próxima ao Líbano, embora seja membro da União Europeia de facto por seu lado sul e de jure para toda a ilha. É habitada por cerca de 1,3 milhões de pessoas, em sua maioria cipriotas gregos, com uma grande minoria turca, e alguns soldados britânicos que se estabeleceram em enclaves militares sob a soberania da Coroa britânica. O território insular está atualmente dividido entre três soberanias de facto[2]:

  • a República do Chipre, a única reconhecida internacionalmente. Dispõe de um assento junto às Nações Unidas e é membro da União Europeia (UE). Reivindica exercer a sua soberania sobre toda a ilha; no entanto, na prática, controla apenas a parte sul (cerca de 57,3% do território, além de 3,7% do território da Linha Verde controlada pelas forças de paz da ONU).
  • a parte norte (36,3% do território ocupado pelo exército turco desde 1974, incluindo parte do capital Nicósia) da autoproclamada República Turca do Chipre do Norte em de novembro de 1983, que é reconhecida apenas pela Turquia.[3] A chamada Linha Verde, dita «Linha Átila», a separa do restante do país. É povoada quase exclusivamente por cipriotas turcos (que constituíam 18% da população antes de 1974[4]) e pelos turcos provenientes da política de assentamentos organizados em 1974. A Organização da Conferência Islâmica concedeu, após 2004, o estatuto de observador a República Turca do Norte do Chipre sob o nome de "Estado Turco do Chipre". Azerbaidjão e Paquistão são os poucos países com vontade de considerar a república autodeclarada como um estado de pleno direito.
  • a parte do Reino Unido sob os enclaves britânicos de Acrotíri e Deceleia: ao sul da ilha (2,7% da mesma), duas bases militares britânicas mantidas pelo antiga potência colonial após a independência a ilha.

Referências

  1. «L'île de Chypre». l'Université de Laval Québec 
  2. Drevet, Jean-François (2013/12/03). «Chypre et l'Union européenne». Pôle de recherche pour l'organisation et la diffusion de l'information géographique (CNRS UMR 8586). EchoGéo (em francês). ISSN 1963-1197  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  3. «Chipre à espera de solução para uma divisão que dura há mais de 40 anos». DN 
  4. Georges Ténékidès, Chypre : histoire récente et perspectives d'avenir, Nagel, Paris 1974.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Yoann Kassianides, La politique étrangère américaine à Chypre (1960-1967), L'Harmattan, Paris, 2005, ISBN 2-7475-8459-3.
  • Étienne Copeaux, Claire Mauss-Copeaux, Taksim! Chypre divisée, Aedelsa, Lyon, 2005. L'ouvrage le plus récent en français, basé sur une enquête parmi la population, entre 1995 et 2005. Les auteurs, chercheurs au CNRS, sont spécialistes de la Turquie contemporaine et de la mémoire des conflits. Compte rendu en ligne.
  • Alain Blondy, Chypre, Paris, PUF, Que sais-je? nº 1009, 1998
  • (em grego) Alain Blondy, Η Κύπρος, μετάφραση Ευγενία-Ηλιάνα Καλαμπόκη, Athina, Daedalus-Zaharopoulos, 2002, 167 p.
  • (em neerlandês) Alain Blondy, Geschiedenis van Cyprus, ’s-Hertogenbosch, Facta, 2000, 128 p.
  • Alain Blondy, Malte et Chypre. Identité et diversité des destins de deux îles de Méditerranée, in Manuel Jaén et Fernando Martínez, El Mediterráneo confluencia de culturas. La Méditerranée, confluence de cultures, Almeria, Servicio de Publicaciones de l’Universidad de Almeria, 2002, 505-514.
  • Alain Blondy Chypre ou l’Europe aux portes de l’Orient, Cahiers de la Méditerranée, Modernité et insularité en Méditerranée, 68, 2004, 59-74.
  • (em inglês) Alain Blondy The silent Martyrdom of Cyprus, in Cyprus Europe: The Last Millenium. 50 years European Union, Cyprus, OEB, 2007, 35-42.


  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em francês, cujo título é «Chypre (île)».