Imia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Mapa de localização.

Imia (em grego: Ίμια ou em turco: Kardak) é um conjunto de dois ilhéus desabitados no mar Egeu, situados entre arco insular grego do Dodecaneso e a costa da Turquia. Ficam a 3,8 milhas náuticas (~7 km) a oeste da costa da província de Muğla, 5,5 mn (~10.1 km) a leste da ilha grega de Calímnos, e a 2.5 mn a sudeste da mais próxima ilha grega, Kalolimnos. A sua superfície total é de 4 hectares. Os ilhéus também são conhecidos como Limnia na Grécia, ou İkizce na Turquia, ou ainda como Heipethes em mapas mais antigos.[1] Imia/Kardak foi objecto de uma crise militar e política sobre que estado exerce a sua soberania, se a Grécia, se a Turquia, em 1996.

A disputa sobre Imia/Kardak é parte da mais vasta disputa do Egeu, que incide também sobre a plataforma continental, sobre as águas territoriais, sobre o espaço aéreo, sobre as Flight Information Regions (FIR) e sobre a desmilitarização das ilhas no mar Egeu.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Yüksel İnan, Sertaç Başeren (1997): Status of Kardak Rocks. Kardak Kayalıklarının statüsü. Ankara. (ISBN 975-96281-0-4).
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Grécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.