Inácio Rios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Inácio Rios
Informação geral
Nome completo Inácio Rios dos Santos
Nascimento 3 de janeiro de 1985 (35 anos)
Local de nascimento Niterói, Rio de Janeiro
Brasil
Nacionalidade brasileiro
Gênero(s) Samba
Ocupação(ões) Cantor e compositor
Gravadora(s) Independente
Página oficial Página oficial
Twitter oficial

Inácio Rios dos Santos ou simplesmente Inácio Rios (Niterói, 3 de janeiro de 1985) é um cantor e compositor brasileiro, cujo estilo incorpora o samba.[1]

Cantor e compositor, Inácio Rios é filho do consagrado sambista Zé Katimba (Estandarte de Ouro 2013 como Personalidade do Samba). Inácio cantou profissionalmente pela primeira vez aos oito anos de idade, estreando no cd “Sambas Eternos” (1993), dirigido por Rildo Hora, onde interpretou o samba enredo “Vamos brincar de ser criança”, reverenciando o carnaval de 1978 da Imperatriz Leopoldinense. Aos nove anos de idade, fez sua primeira viagem profissional internacional para se apresentar em Angola.

Aos 12 anos, sendo integrante do Butiquim do Martinho (localizado no shopping Iguatemi, naquela época) foi convidado a interpretar duas faixas no cd “Butiquim do Martinho”, sendo uma delas, “Se Deus Quiser”, de autoria do menino. Com o sucesso do disco vendendo mais de 100 mil cópias, Inácio inicia de fato sua carreira cantando nos shows do disco que fazia com Martinho da Vila, seu padrinho musical, pelo Brasil. Ainda aos 12 anos, ganhou pela OMB (Ordem dos Músicos do Brasil), o prêmio “Revelação da MPB”, como cantor e compositor.

Aos 15 anos, Martinho da Vila o convidou a participar de sua banda, substituindo a Mart’nália no backing vocal. Mais do que convencido, Inácio imediatamente aceitou e após um ano de banda, teve a honra de ser gravado pelo padrinho com a música “Penetrante Olhar” no CD “Martinho da Vila, da Roça e da Cidade”. Quatro anos depois, aos 19, Inácio desfrutou da alegria de desfilar com seu Samba “Buon Mangiare, Mocidade! A arte está na mesa” na avenida, no carnaval de 2005.

Em 2008, aos 22 anos, lançou seu primeiro CD “Bendita Percussão” no Teatro Municipal de Niterói, numa noite linda de teatro lotado. Ainda neste ano, Diogo Nogueira gravou em seu primeiro álbum a música “Samba Pros Poetas” em parceria com Inácio, assim como gravou “Espelho da Alma” (2010), “Razão pra Sonhar” (2011) e “Muito Mais Além (2013) nos álbuns seguintes. Inácio também foi gravado por diversos artistas independentes do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

Em 2010, aos 25 anos, passou a integrar a banda de Jorge Aragão e com ele, depois de 15 anos, volta a Angola para shows. Viajou também aos EUA, França, Espanha, Suíça e Portugal em turnês. Em 2012, participou dos programas “Samba na Gamboa” e “Musicograma”, ambos da TVBrasil. Se apresentou no Vivo Rio com Jorge Aragão, onde gravaram juntos o vídeo Jorge Aragão apresenta Inácio Rios.

Recentemente, em dezembro de 2013, foi escolhido vencedor pelo júri técnico do Concurso de Novos Bambas do Velhos Samba (2013), promovido pelo Bar Carioca da Gema e se apresentará na casa todas as quintas de Janeiro de 2014. É também finalista da 6ª Mostra de Samba de Quadra “Prêmio Mano Décio da Viola” e aguarda a apresentação final em fevereiro de 2014.

Hoje, aos 28 anos, Inácio Rios apresenta seu segundo CD “Agulha de Marear”, que traz 12 músicas autorais e participações especiais de Mart’nália, Diogo Nogueira e do Grupo Café Brasil. A capa do disco é um presente do renomado ilustrador Elifas Andreato ao Inácio. A mesma que foi elaborada há anos para um LP do Paulinho da Viola, hoje recuperada e restaurada, embala a obra de “Inácio Rios, jovem bom de samba”, como destaca Elifas.

Neste álbum, fica claro o envolvimento do Inácio com a música, onde em perfeita dosagem, mistura ritmos brasileiros e ainda assim nos permite ficar encantados assistindo sua intimidade com o Samba. Dono de uma voz potente e de belas melodias e letras, Inácio tem a elegância musical de um autêntico sambista.

Referências

2 http://inaciorios.com.br/

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.