Instituto Nacional de Estatística e Geografia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Edifício sede do INEGI em Aguascalientes

O Instituto Nacional de Estatística e Geografia (sigla: INEGI; em castelhano: Instituto Nacional de Estadística y Geografía) é uma instituição governamental do México, dedicada a coordenação dos Sistemas Nacionais Estatísticos e Geográficos do México. Assim mesmo da orientação e da promoção do desenvolvimento Informático. Foi criado em 25 de janeiro de 1983 por meio de um decreto presidencial.

É a instituição responsável de realizar os censos populacionais produzidos a cada década, assim como os censos económicos a cada cinco anos. O trabalho de recopilação de informações estatísticas do instituto inclui Produto Interno Bruto mensal, pesquisas de confiança dos consumidores, amostras de proporção de comércios e muitos trabalhos mais que dão o fundamento para diversas instituições governamentais para seus estudos e projeções.

A sede central do instituto está localizada na cidade de Aguascalientes, no estado homônimo, no México. Esta localização foi escolhida estrategicamente com base na baixa probabilidade de eventos naturais catastróficos, assim como pela estimação de baixo nível de perigo em caso de um ataque armado ao país.

Funções[editar | editar código-fonte]

As funções do Instituto Nacional de Estatística, Geografia e Informática se podem agrupar em dois grandes ramais, o de informação Estatística e a Informação Geográfica.

Dentro da informação estatística se conta com diversos projetos que se agrupam nos seguintes temas:

  • Estatística Sociodemográficas: usuários da saúde, mortalidade, nutrição, HIV, recursos humanos e materiais para a saúde, ingresso e gasto em habitações, estatísticas sobre religião, casas, população desfavorecida, estrutura familiar, línguas faladas no território nacional, dinâmica da população, violência, cultura e recreação, etc.
  • Estatísticas econômicas: trabalho, preços, indicadores financeiros, remunerações, finanças públicas, produção, consumo e investimento, etc.
  • Estatísticas ambientais: ar, água, biodiversidade, florestal, solo.
  • Ciência e tecnologia através de diversos indicadores.

No entanto, cada tema pode ser abarcado por vários projetos em particular. Existem os censos efetuados a cada 10 anos, mas, excepcionalmente, no ano de 2005 contou com o projeto "Conteo de Población y Vivienda", que é similar ao censo de população, mas com um objetivo de coletar dados menores do que o de um censo.

Dentro da informação geográfica se conta com os sistemas de dados gerais, como são a Localização do México no mundo, a extensão territorial, vegetação e fauna, informação hidrográfica, edafológica (tipos de solo), fisiográfica, geologia, e o espaço que compreende o território marítimo mexicano. Também conta com distintos sistemas de consulta, como mapas digitais, consulta em linha e venda de núcleos agrários.

Na página do Instituto é possível consultar alguns dos resultados obtidos através de todos os projetos, ja que uma das funções é também a difusão da informação. Alguns dos resultados, principalmente os contidos em publicações são para sua mostra ao público, é incluso se há desenvolvido um sistema de consulta geo-estatística chamado IRIS que agrupa grande parte da informação obtida sobre mapas gerados pelo INEGI.

O Instituto preocupado pelo uso e aproveitamento da informação geográfica, impulsa e lidera um projeto inter-institucional de acesso distribuído de dados geográficos Atlas Nacional Interactivo do México, de tal forma que o usuário de Internet possa, desde um só site consiste a informação produzida pelas instituições do governo federal e governos estatais em matéria de geografia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]