Iridescência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Asas de uma borboleta morpho.
Bolha de sabão.

A iridescência é um fenômeno óptico que faz certos tipos de superfícies refletirem as cores do arco-íris.[1] A palavra é derivada do grego, visto que Íris é a personificação do arco-íris e mensageira dos deuses na mitologia grega.[1] As cores iridescentes são geralmente azuis e verdes e mudam com o ângulo de incidência da luz na superfície.[1] Materiais iridescentes são popularmente conhecidos como "furta-cor" na língua portuguesa.[2]

Alguns exemplo de iridescência:

  • As penas do beija-flor e de outras aves.
  • Alguns insetos, como os besouros.
  • Algumas partes das vísceras de aves.
  • As escamas de alguns peixes e répteis.
  • Bolhas de sabão.
  • As notas de cinco, dez e vinte euros, que dispõem de uma banda iridescente no verso como elemento de segurança.

Referências

  1. a b c Gilberto G. Villela (1976). Pigmentos animais: zoocromos Academia Brasileira de Ciências [S.l.] p. 182. 
  2. Editores do Aulete (2007). «Verbete furta-cor». Dicionário Caldas Aulete. Consultado em 14 de setembro de 2015. 
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Iridescência