Iridium 33

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Iridium 33
Iridium 33
Lançamento 14 de setembro de 1997 no Cosmódromo de Baykonur, Cazaquistão
Veículo Proton-K/DM-2
Operador Estados Unidos Iridium Satellite LLC

O Iridium 33, foi um satélite de comunicação Norte americano, que no dia 10 de fevereiro de 2009, às 19h56 de Moscou (14h56 de Brasília) chocou-se com outro satélite, o Kosmos 2251 a cerca de 800 quilômetros de altitude, no zênite da Sibéria, provocando um lançamento de milhares de destroços na órbita baixa da Terra.[1][2]

Missão[editar | editar código-fonte]

O Iridium 33 fazia parte de uma rede de comunicação comercial que consistia em uma constelação de 66 espaçonaves LEO. O sistema usa a banda L para fornecer serviços de comunicações globais por meio de aparelhos portáteis. O serviço comercial começa em 1998. O sistema emprega estações terrestres com um complexo de controle mestre em Landsdowne, Virginia, um backup na Itália e um terceiro centro de engenharia em Chandler, Arizona.[3]

Nave espacial[editar | editar código-fonte]

A espaçonave foi estabilizada em 3 eixos, com um sistema de propulsão de hidrazina. Possuía 2 painéis solares com articulação em 1 eixo. O sistema empregou L-Band usando FDMA / TDMA para fornecer voz a 4,8 kbps e dados a 2 400 bps com margem de 16 dB. Cada satélite tinha 48 feixes pontuais para cobertura da Terra e usava a Banda Ka para crosslinks e comando de solo.[3]

Destruição[editar | editar código-fonte]

Em 10 de fevereiro de 2009, às 16h56 UTC, a cerca de 800 km de altitude, Kosmos 2251 (1993-036A) (um satélite Strela de detritos espaciais) e Iridium 33 colidiram, resultando na destruição de ambas as espaçonaves.[4] NASA relatou que uma grande quantidade de detritos espaciais foi produzida pela colisão, ou seja, 1 347 detritos para Kosmos 2251 e 528 para Iridium 33.[5][6][7][8]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Satélite russo que colidiu com aparelho norte-americano era militar
  2. «Stuff in Space». stuffin.space. Consultado em 12 de junho de 2020 
  3. a b «Iridium 33: Display 1997». nssdc.gsfc.nasa.gov. NASA. 14 de maio de 2020. Consultado em 5 de junho de 2020   Este artigo incorpora texto desta fonte, que está no domínio público.
  4. Iannotta, Becky (11 de fevereiro de 2009). «U.S. Satellite Destroyed in Space Collision». Space.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2009 
  5. «2 orbiting satellites collide 500 miles up». Associated Press. 11 de fevereiro de 2009. Consultado em 11 de fevereiro de 2009 
  6. «Google Earth KMZ file of the debris». John Burns. 5 de março de 2009. Consultado em 25 de novembro de 2010 
  7. «U.S. Space debris environment and operational updates» (PDF). NASA. Consultado em 5 de junho de 2020   Este artigo incorpora texto desta fonte, que está no domínio público.
  8. «Javascript visualisation of Iridium 33 debris» 
Ícone de esboço Este artigo sobre satélites é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.