Isabel de Anhalt-Zerbst

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Isabel de Anhalt-Zerbst
Princesa-Eleitora de Brandemburgo
Reinado 6 de outubro de 1577
a 8 de janeiro de 1598
Antecessor(a) Sabina de Brandemburgo-Ansbach
Sucessor(a) Leonor da Prússia
 
Esposo João Jorge de Brandemburgo
Descendência Cristiano de Brandemburgo-Bayreuth
Madalena de Brandemburgo
Joaquim Ernesto de Brandemburgo-Ansbach
Inês de Brandemburgo
Frederico IX, Marquês de Brandemburgo
Isabel Sofia de Brandemburgo
Doroteia Sibila de Brandemburgo
Jorge Alberto II, Marquês de Brandemburgo
Segismundo de Brandemburgo
João de Brandemburgo
João Jorge de Brandemburgo
Casa Hohenzollern
Ascania
Nascimento 15 de setembro de 1563
  Zerbst, Saxônia-Anhalt, Alemanha
Morte 8 de novembro de 1607 (44 anos)
  Crossen an der Elster, Alemanha
Enterro Catedral de Berlim, Alemanha
Pai Joaquim Ernesto, Príncipe de Anhalt
Mãe Inês de Barby-Mühlingen
Religião Luteranismo

Isabel de Anhalt-Zerbst (Zerbst, 15 de setembro de 1563Crossen an der Elster, 8 de novembro de 1607) foi uma princesa de Anhalt por nascimento e princesa-eleitora de Brandemburgo por casamento.

Vida[editar | editar código-fonte]

Isabel era filha do príncipe Joaquim Ernesto de Anhalt e da sua primeira esposa, a condessa Inês de Barby-Mühlingen, filha do conde Wolfgang I de Barby-Mühlingen.

No dia 6 de Outubro de 1577 casou-se com o príncipe João Jorge de Brandemburgo (1525–1598), no Jagdschloss Letzlingen. O seu marido era quase quarenta anos mais velho do que ela. Isabel era a sua terceira esposa e era dezasseis anos mais nova do que o filho mais velho dele, o príncipe Joaquim Frederico. O casamento foi celebrado sem grandes festejos e foi prometido um dote de 400 florins. Para o casamento, Isabel levou 15.000 dólares e recebeu como complemento, além de uma pensão considerável, a cidade de Crossen, incluindo o Palácio de Crossen, e ainda o distrito e a cidade de Züllichau e o senhorio de Bobrowice

Isabel era mecenas do intelectual Leonhard Thurneysser. Após a morte do marido, e com a saúde enfraquecida devido ao seu grande número de gravidezes, retirou-se da vida pública para o Castelo de Crossen, a sua residência de viuvez. Encontra-se sepultada na cripta dos Hohenzollerns na Catedral de Berlim.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Do seu casamento com o príncipe João Jorge de Brandemburgo teve os seguintes filhos:

  1. Cristiano de Brandemburgo-Bayreuth (30 de Janeiro de 1581 – 30 de Maio de 1655), marquês de Brandemburgo-Bayreuth; casado com a princesa Maria da Prússia, Marquesa de Brandemburgo-Bayreuth; com descendência.
  2. Madalena de Sofia de Solms-Laubach (7 de janeiro de 1582 - 4 de maio de 1616), casada com o conde Luís V de Hesse-Darmstadt; com descendência.
  3. Joaquim Ernesto de Brandemburgo-Ansbach (22 de junho de 1583 - 7 de março de 1625), marquês de Brandemburgo-Ansbach; casado com Sofia de Solms-Laubach; com descendência.
  4. Inês de Brandemburgo (17 de Julho de 1584 - 26 de Março de 1629), casada primeiro com o duque Filipe Júlio da Pomerânia; sem descendência. Casada depois com o príncipe Francisco Carlos de Saxe-Lauenburg; sem descendência.
  5. Frederico IX, Marquês de Brandemburgo (22 de Março de 1588 - 19 de Maio de 1611), marquês de Brandemburgo. Morreu vinte-e-três anos de idade solteiro e sem descendência.
  6. Isabel Sofia de Brandemburgo (13 de Julho de 1589 - 24 de Dezembro de 1629), casada primeiro com o príncipe Janusz Radziwiłł; com descendência. Casada depois com o duque Júlio Henrique de Saxe-Lauenburg; com descendência.
  7. Doroteia Sibila de Brandemburgo (19 de Outubro de 1590 – 9 de Março de 1625), casada com o príncipe João Cristiano de Brieg; com descendência.
  8. Jorge Alberto II, Marquês de Brandemburgo (20 de Novembro de 1591 - 29 de Novembro de 1615), marquês de Brandemburgo; morreu aos vinte-e-quatro anos de idade solteiro e sem descendência.
  9. Segismundo de Brandemburgo (20 de Novembro de 1592 - 30 de Abril de 1640), morreu aos quarenta-e-sete anos de idade solteiro e sem descendência.
  10. João de Brandemburgo (13 de Julho de 1597 - 23 de Setembro de 1597), morreu aos dois meses de idade.
  11. João Jorge de Brandemburgo (4 de Agosto de 1598 - 27 de Janeiro de 1637), morreu aos trinta-e-oito anos de idade solteiro e sem descendência.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Isabel de Anhalt-Zerbst em três gerações[1]
Isabel de Anhalt-Zerbst Pai:
Joaquim Ernesto, Príncipe de Anhalt
Avô paterno:
João V, Príncipe de Anhalt-Zerbst
Bisavô paterno:
Ernesto I, Príncipe de Anhalt-Dessau
Bisavó paterna:
Margarida de Münsterberg
Avó paterna:
Margarida de Brandemburgo, Duquesa da Pomerânia
Bisavô paterno:
Joaquim I Nestor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Bisavó paterna:
Isabel da Dinamarca, Princesa-Eleitora de Brandemburgo
Mãe:
Inês de Barby-Mühlingen
Avô materno:
Wolfgang I de Barby-Mühlingen
Bisavô materno:
Burkhart V de Barby-Mühlingen
Bisavó materna:
Madalena de Mecklemburgo
Avó materna:
Inês de Mansfeld zu Mittel-Ort
Bisavô materno:
Gerardo VII de Mansfeld
Bisavó materna:
Margarida de Gleichen

Referências

  1. The Peerage, consultado a 16 de Outubro de 2015

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Friederike Bornhak: Elisabeth von Anhalt: Kurfürstin von Brandenburg, dritte Gemahlin des Kurfürsten Johann Georg von Brandenburg, geboren 1563, gestorben 1607, S. Geibel, 1889
  • Ernst Daniel Martin Kirchner: Die Kurfürstinnen und Königinnen auf dem Throne der Hohhenzollern, part 2l: Die letzten acht Kurfürstinnen, Berlin, 1867, p. 34 ff. (digitalizado)