João Jorge, Eleitor de Brandemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de João Jorge de Brandemburgo)
Ir para: navegação, pesquisa
João Jorge
Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Reinado 3 de janeiro de 1571
a 8 de janeiro de 1598
Antecessor(a) Joaquim II Heitor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Sucessor(a) Joaquim III Frederico de Brandemburgo
 
Esposas Sofia de Legnica
Sabina de Brandemburgo-Ansbach
Isabel de Anhalt-Zerbst
Descendência Joaquim III Frederico de Brandemburgo
João Alberto de Brandemburgo
João de Brandemburgo
Alberto de Brandemburgo
Madalena Sabina de Brandemburgo
Erdmuthe de Brandemburgo
Maria de Brandemburgo
Madalena de Brandemburgo
Margarida de Brandemburgo
Ana Maria de Brandemburgo
Sofia de Brandemburgo
Cristiano de Brandemburgo-Bayreuth
Madalena de Brandemburgo
Joaquim Ernesto de Brandemburgo-Ansbach
Inês de Brandemburgo
Frederico IX, Marquês de Brandemburgo
Isabel Sofia de Brandemburgo
Doroteia Sibila de Brandemburgo
Jorge Alberto II, Marquês de Brandemburgo
Segismundo de Brandemburgo
João de Brandemburgo
João Jorge de Brandemburgo
Casa Real Hohenzollern
Nascimento 11 de setembro de 1525
Cölln, Alemanha
Morte 8 de janeiro de 1598 (72 anos)
Bayreuth, Alemanha
Sepultamento Catedral de Berlim, Alemanha
Pai Joaquim II Heitor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Mãe Madalena da Saxónia

João Jorge (em alemão: Johann Georg von Brandenburg; 11 de setembro de 15258 de janeiro de 1598) foi príncipe-eleitor da Marca de Brandemburgo (1571-1598). Integrante da casa de Hohenzollern, era filho de Joaquim II Heitor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo e de sua primeira esposa Madalena da Saxónia.

Reinado[editar | editar código-fonte]

Confrontado com as grandes dívidas acumuladas durante o reinado do seu pai, João Jorge instaurou um imposto sobre o grão que fez com que grande parte dos camponeses ficassem dependentes da nobreza, uma vez que esta não era obrigada a pagar impostos. Apesar de ser um luterano devoto que se opunha ao crescimento do Calvinismo, permitiu a entrada de refugiados calvinistas vindos das várias guerras que se travavam nos Países Baixos Espanhóis e em França. Foi sucedido pelo seu filho, Joaquim Frederico.

Quando o seu parente, o duque Alberto I da Prússia, morreu em 1568, o ducado da Prussia foi herdado pelo filho menor dele, o príncipe Alberto Frederico. O pai de de João Jorge também herdou uma parte do ducado da Prússia. Em 1577, os príncipes-eleitores de Brandemburgo tornaram-se co-regentes juntamente com o duque Alberto Frederico da Prússia.

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

João Jorge casou-se três vezes.

O seu primeiro casamento realizou-se em 1545 com a princesa Sofia de Legnica. A princesa faleceu poucos dias depois de ter dado à luz o único filho do casal:

  1. Joaquim III Frederico de Brandemburgo (27 de janeiro de 1546 — 18 de julho de 1608), príncipe-eleitor de Brandemburgo entre 1598 e 1608. Casado primeiro com a princesa Catarina de Brandemburgo-Küstrin; com descendência. Casou-se depois com a princesa Leonor da Prússia; com descendência.

Três anos depois da morte da sua primeira esposa, em 1548, João Jorge casou-se pela segunda vez, desta vez com a princesa Sabina de Brandemburgo-Ansbach. Juntos, tiveram dez filhos:

  1. Jorge Alberto de Brandemburgo (19 de Fevereiro de 1555 - 8 de Janeiro de 1557), morreu com quase dois anos de idade.
  2. João de Brandemburgo, nasceu por volta de 1557 e morreu novo, antes de 1571
  3. Alberto de Brandemburgo, nasceu por volta de 1559 e morreu novo, antes de 1571
  4. Madalena Sabina de Brandemburgo, nasceu por volta de 1560 e morreu nova, antes de 1571
  5. Erdmuthe de Brandemburgo (26 de Junho de 1561 – 13 de Novembro de 1623), casada com o duque João Frederico da Pomerânia; sem descendência.
  6. Maria de Brandemburgo, nasceu por volta de 1562-3 e morreu nova, antes de 1571
  7. Madalena de Brandemburgo, nasceu por volta de 1564-5 e morreu nova, antes de 1571
  8. Margarida de Brandemburgo, nasceu por volta de 1565-6 e morreu nova, antes de 1571
  9. Ana Maria de Brandemburgo (3 de Fevereiro de 1567 – 4 de Novembro de 1618), casada com o duque Barnim X da Pomerânia; sem descendência.
  10. Sofia de Brandemburgo (6 de Junho de 1568 – 7 de Dezembro de 1622), casada com o príncipe-eleitor Cristiano I da Saxónia; com descendência.

Dois anos após a morte da sua segunda esposa, o príncipe-eleitor casou-se pela terceira e última vez, com a princesa Isabel de Anhalt-Zerbst. Juntos, tiveram onze filhos.

  1. Cristiano de Brandemburgo-Bayreuth (30 de Janeiro de 1581 – 30 de Maio de 1655), marquês de Brandemburgo-Bayreuth; casado com a princesa Maria da Prússia, Marquesa de Brandemburgo-Bayreuth; com descendência.
  2. Madalena de Sofia de Solms-Laubach (7 de janeiro de 1582 - 4 de maio de 1616), casada com o conde Luís V de Hesse-Darmstadt; com descendência.
  3. Joaquim Ernesto de Brandemburgo-Ansbach (22 de junho de 1583 - 7 de março de 1625), marquês de Brandemburgo-Ansbach; casado com Sofia de Solms-Laubach; com descendência.
  4. Inês de Brandemburgo (17 de Julho de 1584 - 26 de Março de 1629), casada primeiro com o duque Filipe Júlio da Pomerânia; sem descendência. Casada depois com o príncipe Francisco Carlos de Saxe-Lauenburg; sem descendência.
  5. Frederico IX, Marquês de Brandemburgo (22 de Março de 1588 - 19 de Maio de 1611), marquês de Brandemburgo. Morreu vinte-e-três anos de idade solteiro e sem descendência.
  6. Isabel Sofia de Brandemburgo (13 de Julho de 1589 - 24 de Dezembro de 1629), casada primeiro com o príncipe Janusz Radziwiłł; com descendência. Casada depois com o duque Júlio Henrique de Saxe-Lauenburg; com descendência.
  7. Doroteia Sibila de Brandemburgo (19 de Outubro de 1590 – 9 de Março de 1625), casada com o príncipe João Cristiano de Brieg; com descendência.
  8. Jorge Alberto II, Marquês de Brandemburgo (20 de Novembro de 1591 - 29 de Novembro de 1615), marquês de Brandemburgo; morreu aos vinte-e-quatro anos de idade solteiro e sem descendência.
  9. Segismundo de Brandemburgo (20 de Novembro de 1592 - 30 de Abril de 1640), morreu aos quarenta-e-sete anos de idade solteiro e sem descendência.
  10. João de Brandemburgo (13 de Julho de 1597 - 23 de Setembro de 1597), morreu aos dois meses de idade.
  11. João Jorge de Brandemburgo (4 de Agosto de 1598 - 27 de Janeiro de 1637), morreu aos trinta-e-oito anos de idade solteiro e sem descendência.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de João Jorge de Brandemburgo em três gerações[1]
João Jorge de Brandemburgo Pai:
Joaquim II Heitor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Avô paterno:
Joaquim I Nestor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Bisavô paterno:
João Cícero, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Bisavó paterna:
Margarida da Turíngia
Avó paterna:
Isabel da Dinamarca, Princesa-Eleitora de Brandemburgo
Bisavô paterno:
João da Dinamarca
Bisavó paterna:
Cristina da Saxônia
Mãe:
Madalena da Saxónia
Avô materno:
Jorge, Duque da Saxônia
Bisavô materno:
Alberto III da Saxónia
Bisavó materna:
Sidónia da Boémia
Avó materna:
Bárbara da Polónia
Bisavô materno:
Casimiro IV da Polónia
Bisavó materna:
Isabel de Habsburgo

Referências

  1. The Peerage, consultado a 16 de Outubro de 2015
Precedido por
Joaquim II Heitor
Marquês de Brandemburgo
1571 - 1598
Sucedido por
Joaquim III Frederico