Alberto III, Duque da Saxónia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Alberto III da Saxónia)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alberto III, Duque da Saxónia
Nascimento 27 de janeiro de 1443
Grimma
Morte 12 de setembro de 1500 (57 anos)
Emden
Progenitores Mãe:Margarida da Áustria, Eleitora da Saxônia
Pai:Frederico II, Eleitor da Saxônia
Cônjuge Sidônia da Boêmia
Filho(s) Catarina da Saxônia, Jorge de Saxe, Henrique IV, Duque da Saxônia, Frederico da Saxônia
Ocupação político
Prêmios Cavaleiro da Ordem do Tosão de Ouro, Cavaleiro da Ordem do Santo Sepulcro
Religião Igreja Católica

Alberto, o Corajoso ("Animosus") (Grimma, 27 de janeiro de 1443Emden, 12 de setembro de 1500) foi um duque do Eleitorado da Saxônia, governador da Frísia e fundador da linhagem albertina da dinastia Wettin. Na qualidade de marquês de Meissen ele recebeu também o título de Alberto III.

Vida[editar | editar código-fonte]

Membro da dinastia Wettin, foi o quarto dos oito filhos de Frederico II (1412-1464 Lípsia) o Plácido, der Sanftmuetige, duque-eleitor de Saxe e C palatino de Saxe 1428, landgrave de Turíngia, marquês da Mísnia em 1440, e de sua esposa Margarida da Áustria ou de Habsburgo (1416-1486) filha de Ernesto I, duque de Carniola.

Apelidado o Intrépido, o corajoso, o Bravo - foi co-eleitor da Saxônia, co-Conde palatino da Saxônia e co-marquês da Mísnia de 1464a 1485, co-marquês da Turíngia de 1482 a 1485, marquês da Mísnia ou Meissen de 1485 a 1500, quando recebeu a Mísnia e a Turíngia do Norte. Em 1485 foi nomeado stathouder dos Países Baixos de 1488 a 1492. Duque de Saxe 1464.

Governou com seu irmão Ernesto; mas depois da partilha de 1485 recebeu a Mísnia ou Meissen, em alemão, doravante apanágio da linha Albertina, que assim foi chamada sua descendência.

Em 1498, recebeu o governo hereditário da Frísia. Em Maastricht, em 14 de fevereiro de 1499, Alberto deixou estabelecida a sucessão de suas propriedades e terras e tentou evitar partilhas futuras.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Em Eger, em 1459, casou com a princesa Sidônia da Boêmia (1449-1510), filha do rei Jorge Podiebrad. Tiveram oito ou dez filhos, dos quais quatro cedo mortos.

  • 1 - Catarina (Meissen 1468-1524 Gottingen). Casou em Innsbruck em 1484 com o arquiduque Sigismundo de Habsburgo (1427-1496), Conde de Tirol. Em 1497 casou de novo com Erico I (?-1540) o Velho, Duque de Brunswick-Kalenberg.
  • 2 - Frederico (Torgau 1474-1510 Rochlitz).
  • 3 - Ana (1478-1479).
  • 4 - Luís (1481).
  • 5 - João (n. e m. 1484).
  • 6 - João (1498).
  • 7 - Jorge da Saxônia (1471-1539) o Barbudo.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alberto III, Duque da Saxónia