Isao Tomita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Janeiro de 2009). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Isao Tomita
Informação geral
Nome completo 冨田 勲
Nascimento 22 de abril de 1932 (86 anos)
Local de nascimento Tóquio
País  Japão
Morte 5 de maio de 2016
Nacionalidade Japonês
Gênero(s) Música ambiente, música de vanguarda, erudita, eletrônica, synthpop, trance
Página oficial www.isaotomita.net

Isao Tomita (冨田 勲, Tomita Isao?, 22 de abril de 1932 – 5 de maio de 2016)[1] foi um tecladista e compositor de música eletrônica japonês.[2] Em 1974, Tomita lançou o LP Snowflakes are Dancing, recebendo o prêmio da National Association of Record Merchandisers (NARM) como melhor gravação de música clássica do ano.

Tomita adaptou partituras orquestrais para o sintetizador e desenvolveu técnicas de obtenção de sons eletrônicos para serem empregados no lugar dos sons dos instrumentos acústicos. As produções de Tomita na década de 1970 envolvem muitas tarefas de criação e transformação do som. As partituras dos grandes compositores foram analisadas e as possibilidades de utilização dos sintetizadores para a criação das versões eletrônicas foram cuidadosamente estudadas.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

O álbum Daphnis et Chloé – The Ravel Album (1979), também lançado com o título de Bolero, é o preferido de Tomita, e sem dúvida, um de seus trabalhos mais expressivos. Uma versão eletrônica magnífica para a obra de Ravel demonstrando toda a genialidade de Tomita. Em Bermuda Triangle, também indicado ao Grammy de 1979, Tomita realizou versões para obras de Prokofiev, John Willians e Ravel.

Concertos[editar | editar código-fonte]

Tomita apresentou concertos de “nuvens sonoras“ com um sistema de alto-falantes em torno do público para projetar os sons eletrônicos de diferentes pontos. Um grande concerto foi realizado em 1984 no festival anual de música contemporânea Ars Electronica em Linz, Áustria. Tomita executou suas gravações numa pirâmide de vidro suspensa sobre uma audiência de oitenta mil pessoas.

Referências

  1. Isao Tomita, Japanese pioneer of synthesizer music, d, Japan Times 
  2. «Isao Tomita». Billboard. Consultado em 7 de abril de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.