Pilocarpus microphyllus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jaborandi (botânica))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaJaborandi
Jaborandi.JPG

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Subclasse: Rosidae
Ordem: Sapindales
Família: Rutaceae
Género: Pilocarpus
Vahl
Espécie: P. microphyllus
Nome binomial
Pilocarpus microphyllus
Stapf ex Holm.

O Pilocarpus microphyllus (jaborandi) é uma planta arbustiva que pode atingir até 1,5 metros de altura, originária do Brasil, adaptada às regiões de clima subtropical. É perinérvea, seu limbo é falciforme e seu bordo é liso.

Das folhas, é extraída uma substância chamada pilocarpina,[1] que é usada como medicamento fitoterapêutico, que tem propriedades sudoríferas, diuréticas, indutora de salivação e revitalizante capilar.

O jaborandi ocorre originalmente na região Norte e Nordeste do Brasil, em especial nos Estados do Pará, Maranhão, Piauí e Ceará.

O termo original vem do Tupi "Ya-bor-andi" e quer dizer "que faz babar", certamente relacionado à propriedade originalmente conhecida dos extratos dessa planta por induzir salivação abundante. Inicialmente usada pelo indígenas nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, a planta foi levada para a Europa pelo médico brasileiro Sinfrônio Coutinho, em 1876. Posteriormente foi descoberta a pilocarpina, bem como suas aplicações oftalmológicas.

Nas regiões de ocorrência natural do jaborandi ocorre intenso extrativismo vegetal que visa fornecer folhas da planta para os laboratórios que extraem a pilocarpina. Associado a esse extrativismo também ocorre cultivo na planta no Município de Barra do Corda (MA), originalmente implantado pela empresa farmacêutica alemã Merck, que, por muito anos, dominou o mercado de pilocarpina.

É indicada para afecções bronqueais, reumatismo, glaucoma.[2]

Referências

  1. Abreu, I.N. de; Sawaya, A.C.H.F.; Eberlin, M.N. et al. Production of pilocarpine in callus of jaborandi (pilocarpus microphyllus stapf)In Vitro Cellular & Developmental Biology - Plant (2005) 41: 806.
  2. Dagmar Dehmer (2012). «Aus dem Busch gegen Grünen Star». Der Tagesspiegel 
Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Sapindales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.