James Bond (ornitólogo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
James Bond
James Bond em 1974
Nascimento 4 de janeiro de 1900
Filadélfia, Pensilvânia
Morte 14 de fevereiro de 1989 (89 anos)
Filadélfia, Pensilvânia
Residência Filadélfia, Pensilvânia
Nacionalidade norte-americano
Progenitores Mãe: Margaret Reeves (Tyson)
Pai: Francis Edward Bond
Ocupação Ornitólogo
Principais trabalhos Birds of the West Indies
Prémios Medalha Musgrave do Instituto da Jamaica
Medalha Brewster da American Ornithologists' Union
Prêmio Leidy (1975)

James Bond (Filadélfia, 4 de janeiro de 1900 – Filadélfia, 14 de fevereiro de 1989) foi um ornitólogo estadunidense, notório por seu trabalho na área e por ter inspirado o nome do espião fictício James Bond, criado por Ian Fleming.

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

James nasceu 4 de janeiro de 1900 na Filadélfia, Pensilvânia, filho de Margaret Reeves (Tyson) e Francis Edward Bond. Seu interesse em história natural foi inspirado por uma expedição que seu pai realizou em 1911 para o delta do Orinoco. James estudou na St. Paul's School em Concord, Nova Hampshire, mas depois da morte de sua mãe ele se mudou com seu par para a Inglaterra em 1914. Lá, ele estudou na Escola Harrow e, mais tarde, na Faculdade Trinity em Cambridge, onde ele se formou em 1922 e se tornou o único membro estadunidense do Pitt Club.[1] Após se formar, ele se mudou de volta para os Estados Unidos e trabalhou para uma firma bancária por três anos na Filadélfia. Seu interesse por história natural o fez pedir demissão do emprego para se juntar a uma expedição à Amazônia da Academy of Natural Sciences.[2] Ele trabalhou como ornitólogo na organização na Filadélfia, ascendendo ao cargo de curador de ornitologia.[3] Ele especializou-se em pássaros do Caribe,

James venceu a Medalha Musgrave do Instituto da Jamaica em 1952;[3][4] A medalha Brewster da American Ornithologists' Union em 1954; e o Prêmio Leidy da Academy of Natural Sciences em 1975.[5] Morreu no Hospital Chestnut Hill na Filadélfia aos 89 anos[3] e foi enterrado no jardim da Igreja do Messias em Gwynedd Valley, Pensilvânia.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

O trabalho mais duradouro de Bond foi seu guia para os Birds of the West Indies - "Pássaros das Índias Ocidentais", sobre pássaros do Caribe, que foi publicado pela primeira vez em 1936 e teve 11 edições durante sua vida. Ele publicou cerca de 150 artigos em várias revistas, incluindo descrições de 63 novas subespécies.[6]

James Bond observou que a distribuição de rutías era limitada pelo que ele pensava ser uma fronteira marinha. Em 1973, David Lack propôs que se chamasse a Linha de Bond, uma fronteira biogeográfica entre Tobago e as Pequenas Antilhas que também dividia pássaros de origem norte e sul-americana.[7] Em 2015, uma nova subespécie de rutías foi descrita como Plagiodontia aedium bondi e nomeada em homenagem a Bond por seu reconhecimento da divisão biogeográfica.[8]

A adoção do nome por Ian Fleming[editar | editar código-fonte]

Ian Fleming, que era um entusiasta da observação de aves morando na Jamaica, conhecia o livro de James, e escolheu seu nome para ser o herói de Casino Royale em 1953. Ian escreveu à esposa de James que "ocorreu a mim que esse nome breve, não-romântico, anglo-saxão e mesmo assim muito masculino era exatamente o que eu precisava, e então um segundo James Bond nasceu".[9] Ele também contatou o James Bond real para falar sobre o uso de seu nome no personagem, e ele concordou. Em 1964, Ian deu a James a primeira edição de You Only Live Twice, autografada "ao verdadeiro James Bond, do ladrão de sua identidade". Em dezembro de 2008, o livro foi leiloado por US$ 84 000.[10][11]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Contosta 1993, p. 48.
  2. Parkes, Kenneth (1989). «In Memoriam: James Bond» (PDF). The Auk. 106 (4): 718–720 
  3. a b c «James Bond, Ornithologist, 89; Fleming Adopted Name for 007». The New York Times. Associated Press. 17 de fevereiro de 1989. p. D19. Consultado em 18 de outubro de 2014 
  4. The Institute of Jamaica's web site Arquivado em 2014-10-18 no Archive.is has him listed as winning a silver Musgrave Medal for ornithology in 1951.
  5. «The Four Awards Bestowed by The Academy of Natural Sciences and Their Recipients». The Academy of Natural Sciences of Philadelphia. Proceedings of the Academy of Natural Sciences of Philadelphia. 156 (1): 403-404. Junho de 2007. doi:10.1635/0097-3157(2007)156[403:TFABBT]2.0.CO;2 
  6. Aubrecht, Gerhard (2016). «Bibliography of James Bond (1900–1989) - American ornithologist - with new taxa described». Proceedings of the Academy of Natural Sciences of Philadelphia (em inglês). 165 (1): 55–64. ISSN 0097-3157. doi:10.1635/053.165.0106 
  7. Bond, James (1979). «Derivations of Lesser Antillean Birds». Proceedings of the Academy of Natural Sciences of Philadelphia. 131: 89–103. ISSN 0097-3157 
  8. Turvey, Samuel T.; Hansford, James; Kennerley, Rosalind J.; Nuñez-Miño, José M.; Brocca, Jorge L.; Young, Richard P. (2015). «A new subspecies of hutia (Plagiodontia, Capromyidae, Rodentia) from southern Hispaniola». Zootaxa. 3957 (2). 201 páginas. ISSN 1175-5334. doi:10.11646/zootaxa.3957.2.4 
  9. «James Bond, Ornithologist, 89; Fleming Adopted Name for 007». The New York Times. Associated Press. 17 de fevereiro de 1989. p. D19. Consultado em 18 de outubro de 2014 
  10. «Ian Fleming's 'You Only Live Twice' Sells For $84,000 At Auction». CommanderBond.net. Consultado em 24 de fevereiro de 2014 
  11. «Lot 103, Ian Fleming sgd 1st British ed You Only Live Twice». LiveAuctioneers.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 7 de janeiro de 2014 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre James Bond (ornitólogo)