James Eastland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James Eastland
James Eastland
Presidente pro tempore do Senado dos Estados Unidos
Período 28 de julho de 1972 - 27 de dezembro de 1978
Antecessor Allen J. Ellender
Sucessor Warren Magnuson
Presidente da Comissão do Senado sobre o Judiciário
Período 3 de janeiro de 1957 - 27 de dezembro de 1978
Antecessor Harley M. Kilgore
Sucessor Ted Kennedy
Senador dos Estados Unidos pelo Mississippi
Período 30 de junho de 1941 - 28 de setembro de 1941
Antecessor Pat Harrison
Sucessor Wall Doxey
Período 3 de janeiro de 1943 - 27 de dezembro de 1978
Antecessor Wall Doxey
Sucessor Thad Cochran
Dados pessoais
Nascimento 28 de novembro de 1904
Doddsville, Mississippi
Morte 19 de fevereiro de 1986
Doddsville, Mississippi
Alma mater Universidade do Mississippi
Universidade Vanderbilt
Universidade do Alabama
Esposa Elizabeth Coleman Eastland
Partido Democrata

James Oliver Eastland (Doddsville, 28 de novembro de 1904 – Doddsville, 19 de fevereiro de 1986) era um político supremacista branco do Mississippi que foi senador dos Estados Unidos pelo Partido Democrata em 1941; e depois de 1943 até a sua renúncia em 27 de dezembro de 1978. Ele tem sido chamado de "Voz do Sul Branco" e de "Padrinho da política do Mississippi."[1] Um Dixiecrat, Eastland era conhecido como o símbolo da resistência a integração racial durante a época dos direitos civis e frequentemente se referia aos negros como "uma raça inferior".[2] Eastland faleceu em 1986 e foi sepultado no Forest Cemetery em Forest.

Referências

  1. «Senator James Eastland: The Mike Wallace Interview». www.hrc.utexas.edu. Harry Ransom Center. Consultado em 8 de maio de 2019 
  2. Hunter, Marjorie; Times, Special to The New York (20 de fevereiro de 1986). «James O. Eastland Is Dead at 81; Leading Senate Foe of Integration». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 8 de maio de 2019