James Frain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Frain
James Frain (2010)
Nascimento 14 de março de 1968 (49 anos)
Leeds, Inglaterra,  Reino Unido
Nacionalidade inglês
britânico
Ocupação Ator
Cônjuge Marta Cunningham (2004-presente)
IMDb: (inglês)

James Frain (Leeds, 14 de março de 1968) é um actor britânico.

Vida[editar | editar código-fonte]

Frain nasceu em Leeds, Yorkshire e criado em Essex, sendo o mais velho de oito filhos.[1] Ele foi educado na Newport Free Grammar School, estudou Inglês, Cinema e Teatro na Universidade de East Anglia e formou-se como ator na Central School of Speech and Drama, em Londres. Enquanto estava no seu último ano, ele fez a sua estreia no filme Shadowlands (1993), e teve uma bem sucedida carreira cinematográfica em ambos os lados do Atlântico desde então. Com um sotaque qualificado e capaz de reproduzir uma grande variedade de papéis, ele foi nomeado para Melhor Ator em 1995 no Festival de Veneza pelo seu desempenho como terrorista da Irlanda do Norte em Thaddeus O'Sullivan no controverso Nothing Personal (1995) e de Melhor Ator Secundário ao prémio Geniès em Toronto pelo seu desempenho em Sunshine (1999). Ele atua periodicamente na Royal Shakespeare Company e no Royal Court Theatre, bem como no West End. Ele também apareceu na Broadway e em 2007 recebeu o Drama Desk Critics Award de Melhor Elenco juntamente com o resto do elenco de The Homecoming (2007). Ele apareceu recentemente na televisão na série 24 (2005) e The Closer (2006), interpretou o papel de Thomas Cromwell na série The Tudors (2007-2009) e o de Franklin Mott na série da HBO Sangue Fresco a partir da 3ª temporada.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.