Jamie Dimon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jamie Dimon
Jamie Dimon
Dimon em 2013
Nome completo James Dimon
Nascimento 13 de março de 1956 (67 anos)
Nova York, EUA
Cônjuge Judith Kent
Filho(a)(s) 3
Educação Universidade Tufts (BA)
Universidade Harvard (MBA)
Ocupação
  • Empresário
  • banqueiro

James Dimon (13 de março de 1956) é um empresário bilionário e banqueiro norte-americano que é presidente e diretor executivo do JPMorgan Chase desde 2005. Dimon fez parte do conselho de administração do Federal Reserve Bank de Nova York.[1][2] Dimon foi incluído nas listas de 2006, 2008, 2009 e 2011 da revista Time das 100 pessoas mais influentes do mundo.[3] O patrimônio líquido de Dimon é estimado em US$1,8 bilhão.[4]

Dimon é um dos poucos executivos-chefes de bancos a se tornar bilionário, principalmente por causa de sua participação de US$485 milhões no JPMorgan Chase.[5] Ele recebeu um pacote de pagamento de $23 milhões para o ano fiscal de 2011, mais do que qualquer outro CEO de banco nos EUA.[6] No entanto, sua compensação foi reduzida para $11,5 milhões em 2012 pelo JPMorgan Chase após uma série de controversas perdas comerciais no valor de $6 bilhões. Dimon recebeu $29,5 milhões no ano fiscal de 2017.[7]

Referências

  1. [1] Arquivado em outubro 19, 2012, no Wayback Machine
  2. «Board of Directors». Ny.frb.org. Consultado em 2 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 21 de julho de 2015 
  3. «Jamie Dimon - Among the world's 100 most influential people». www.ellines.com. Consultado em 18 de março de 2020. Arquivado do original em 19 de julho de 2019 
  4. Rogers, Taylor Nicole. «Joe Biden is reportedly considering JPMorgan Chase's Jamie Dimon for a top position in his administration. Here's how the CEO became one of the richest men in banking.». Business Insider. Consultado em 16 de abril de 2020. Arquivado do original em 23 de abril de 2020 
  5. «Jamie Dimon Is Now a Billionaire, and He Got There in an Unusual Way». Bloomberg.com. 3 de junho de 2015. Consultado em 17 de setembro de 2020. Arquivado do original em 7 de outubro de 2020 
  6. «JPMorgan's Dimon gets $23 million for 2011 and bragging rights – Fortune». Finance.fortune.cnn.com. 4 de abril de 2012. Consultado em 2 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 3 de abril de 2014 
  7. Blood, David; Noonan, Laura (23 de julho de 2017). «Bank chief executives' pay 2016». Financial Times. Consultado em 5 de agosto de 2017. Arquivado do original em 25 de julho de 2018