Jigme Singye Wangchuck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jigme Singye Wangchuk
Druk Gyalpo
Jigme Singye Wangchuck.
Rei do Butão
Reinado 24 de julho de 1972-
14 de dezembro de 2006
Consorte 1ª consorte - Dorji Wangmo
2ª consorte - Tshering Pem
3ª consorte - Tshering Yangdon
4ª consorte - Sangay Choden
Coroação 2 de junho de 1974
Antecessor(a) Jigme Dorji Wangchuck
Sucessor(a) Jigme Khesar Namgyel
 
Nascimento 11 de novembro de 1955 (67 anos)
  Palácio Dechenchholing,
Thimphu, Butão
Casa Wangchuck
Pai Jigme Dorji Wangchuck
Mãe Kesang Choden

Jigme Singye Wangchuck, (pronúncia romanizada Jimi Singgê 'Wangchu) foi o quarto rei do Butão (ou Druk Gyalpo que significa rei dragão).[1]

Nasceu em 11 de Novembro de 1955 e sucedeu no trono com a idade de dezessete anos em 1972 após a morte de seu pai Jigme Dorji Wangchuck.[1] Foi formalmente coroado em 2 de Junho de 1974 em presença de vários dignitários estrangeiros, rompendo um longo isolamento do país.[1] Foi educado no Butão e Reino Unido e é conhecido por instaurar a Felicidade Interna Bruta, que conta o nível de bem-estar do povo de um país.[1] Esta estatística é utilizada apenas no Butão. Abdicou em 2006 em favor de seu filho, Jigme Khesar Namgyel Wangchuck.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e Reuters (17 de dezembro de 2006). «King of Tiny Bhutan Steps Down Early to Make Way for Son». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 28 de maio de 2022 
  2. «Rei do Butão abdica para que seu filho prepare a democracia». G1. 16 de dezembro de 2006. Consultado em 28 de maio de 2022 

Precedido por
Jigme Dorji Wangchuck
Rei do Butão
1972 - 2006
Sucedido por
Jigme Khesar Namgyel Wangchuck