João Radeno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João Radeno
Morte Após 920/921
Ocupação embaixador e almirante
Religião Catolicismo

João Radeno (em grego: Ἰωάννης Ῥαδηνός; transl.: Ioánnes Rhadenós; também Ῥαδινός (Rhadinós) ou Ῥωδινός (Rhodinós) nas fontes; fl. 917-921/922) foi um oficial e líder militar bizantino do século X, durante o reinado do imperador bizantino Constantino VII Porfirogênito (r. 913–917) e Romano I Lecapeno (r. 920–944). Ele participou de uma embaixada para a corte abássida de Almoctadir (r. 908–932) em Bagdá e acordou uma trégua e troca de prisioneiros, que fora realizada meses depois, e em 920/921 neutralizou uma frota sarracena liderada pelo pirata Leão de Trípoli, um bizantino que fora capturado pelos árabes décadas antes e estava a serviço dos abássidas.

Vida[editar | editar código-fonte]

Soldo de Romano I Lecapeno (r. 920–944) e Constantino VII Porfirogênito (r. 913–959)

"Radeno" deriva de Rade, uma pequena vila no Tema da Anatólia. Pode provavelmente ser identificado com um dos dois emissários enviados à corte abássida em Bagdá em junho de 917. Registrado no Kitab al-'uyun, a embaixada foi liderada por um homem de ca. 40 anos, provavelmente Radeno, bem como o mais velho Miguel Toxaras e 20 atendentes. A embaixada chegou em Bagdá em 25 de junho e foi recebida pelo califa Almoctadir (r. 908–932) em 17 de julho, e uma trégua e troca de prisioneiros foi acordada. Junto com o general eunuco Munis Almuzafar, os dois embaixadores foram para o rio Lamos, o sítios costumeiro para tropas de prisioneiros, onde a troca ocorreu em setembro/outubro.[1]

Em ca. 921/2, é citado como o patrício almirante (drungário da frota) que derrotou uma frota sarracena liderada pelo renegado Leão de Trípoli, próximo a Lemnos. A vitória bizantina foi esmagadora, com grande parte dos navios e tripulação árabes sendo perdidos, enquanto Leão de Trípoli escapou por pouco com sua vida e não é mais mencionado nas fontes.[2]

Referências

  1. Lilie 2013, Ioannes Radenos (#22914).
  2. Lilie 2013, Ioannes Radenos (#22914); Leon (von Tripolis) bzw. Tripolites (#24397).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Lilie, Ralph-Johannes; Ludwig, Claudia; Zielke, Beate et al. (2013). Prosopographie der mittelbyzantinischen Zeit Online. Berlim-Brandenburgische Akademie der Wissenschaften: Nach Vorarbeiten F. Winkelmanns erstellt