Joaquín Cosío

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ator em 2012

Joaquín Cosío (Tepic, 1962) é um dublador, dramaturgo e ator mexicano.

Começou a carreira em 1983, escrevendo a peça Tomochic: Or the day the world ended, sendo indicado para o Premio Nacional de Ciencias y Artes e faz parte da Compañía Nacional de Teatro[1].

Trabalha no teatro, séries de TV e novelas, no cinema e dubla, para a televisão mexicana, grandes sucessos do cinema americano. No Brasil, trabalhou em Segurança Nacional[2].

Já foi indicado, em alguns trabalhos, para a Academia Mexicana de Artes y Ciencias Cinematográficas e em 2012, ganhou o Prémio Ariel de melhor coadjuvante com o filme El infierno.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • Tomochic: Or the day the world ended
  • Los Baños

Cinema[editar | editar código-fonte]

Dublagem[editar | editar código-fonte]

  • General Medrano em Quantum of Solace (007 Quantum)
  • A Víbora Jake em Rango.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.