Johannes Hendrikus Donner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Donner (1978)

Johannes Hendrikus (Hein) Donner (Haia, 6 de julho de 1927Amsterdã, 27 de novembro de 1988) foi um Grande Mestre de xadrez e escritor neerlandês. Nasceu na Haia. Venceu os campeonatos de xadrez neerlandês de 1954, 1957 e 1958. Obteve o título de Grande Mestre em 1959. Foi tio do atual Ministro Neerlandês de Matérias Sociais e Emprego, Piet Hein Donner.

Donner também foi um colunista de xadrez e escritor. Ficou famoso por suas colunas sobre matérias como mulheres, políticas, e o Grande Mestre neerlandês Lodewijk Prins, a quem Donner disse que "não consegue distinguir um cavalo de um bispo".

Em 24 de agosto de 1983, Donner sofreu um AVC. Donner escreveu que o AVC ocorreu "a tempo, visto que quando você possui 56 anos você não joga xadrez como jogava aos 26".[1] Após o AVC, mudou-se para "Vreugdehof", que Donner descreveu como um "lar de residências a idosos". Donner não podia caminhar após o AVC, embora aprendeu a tipografar com um dedo, e escreveu para o NRC Handelsblad e Schaaknieuws.[2] Em 1987, o livro De Koning ("O Rei") foi lançado, contendo 162 de suas colunas, todas, com exceção da última, escritas entre 1950 e 1983.[3] Recebeu em 1987 o prêmio Henriёtte Roland-Holst Prize, por Na mijn dood geschreven ("Escrito após minha morte"), uma seleção das mini-colunas escritas para o NRC Handelsblad.[3] Faleceu em 27 de novembro de 1988 devido à uma hemorragia gástrica.[3]

Em 2006, o New in Chess publicou a tradução inglesa de De Koning, chamada de The King: Chess Pieces (O Rei: Peças do Xadrez).[4]

Referências

  1. Donner 2006, p. 5.
  2. Donner 2006, p. 381
  3. a b c Donner 2006, p. 10.
  4. Donner 2006.
Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.