John Black (corsário)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
John Black
Nascimento 31 de outubro de 1778
Great Yarmouth
Morte 1802 (24 anos)
Calcutá
Cidadania Reino Unido, Austrália
Ocupação corsário

John Black (Great Yarmouth, 31 de outubro de 1778 - local desconhecido no Oceano Índico, maio de 1802) foi um corsário inglês.

Era marinheiro no Lady Shore'em 1797, com destino à Austrália, com vários deportados, quando a tripulação se amotinou na costa brasileira, matando o capitão e tomando posse do navio, prendendo o resto. Duas semanas depois, em 15 de agosto de 1797 os amotinados, colocaram John Black e 28 outros passageiros (oficiais, esposas, crianças e 4 condenados - 3 mulheres e um homem, o major James George Semple Lisle) em um bote e os deixaram a deriva no oceano Atlântico. Depois de dois dias foram resgatados por outro barco e levados a Rio Grande, 300 milhas de distância de onde foram encontrados. Permaneceu no Rio Grande do Sul por alguns meses até conseguir viajar para o Rio de Janeiro, onde embarcou em outro barco com destino à Austrália, onde se estabeleceu como comandante de navios. Desapareceu em um naufrágio, entre Calcutá e Sydney.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.