John McGovern

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
John McGovern
John McGovern (footballer).jpg
Informações pessoais
Nome completo John Prescott McGovern
Data de nasc. 28 de agosto de 1949 (69 anos)
Local de nasc. Montrose, Reino Unido
Altura 1,78 m
Informações profissionais
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1965–1968
1968–1974
1974–1975
1975–1982
1982–1985
Inglaterra Hartlepool United
Inglaterra Derby County
Inglaterra Leeds United
Inglaterra Nottingham Forest
Inglaterra Bolton
Times/Equipas que treinou
1982–1985
1990–1991
1994–1996
1997–1998
2000–2003
Inglaterra Bolton
Inglaterra Chorley
Inglaterra Rotherham
Inglaterra Woking
Inglaterra Ilkeston Town

John Prescott McGovern (nascido em 28 de outubro de 1949, em Montrose) é um ex-meia e treinador escocês. McGovern é mais famoso por capitanear o time do Nottingham Forest que venceu a Liga dos Campeões duas vezes sob o comando de Brian Clough e Peter Taylor.

Com 19 anos de idade, ele se tornou o jogador mais jovem a jogar em todas as quatro divisões da Campeonato inglês. Durante sua carreira, ele subiu de divisão com Hartlepools Unidos, Derby County e o Nottingham Forest. Ele ganhou títulos como campeões da liga inglesa com Derby e Forest. No Forest, ele também ganhou duas Copas da Liga, entre outros troféus.

McGovern jogou em mais de 650 jogos durante sua carreira. Ele teve um relacionamento duradouro com Clough e Taylor no Hartlepools, no Derby, no Leeds (apenas Clough) e no Forest.[1]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

McGovern nasceu em Montrose, Angus, no nordeste da Escócia. Ele morou em Montrose até os sete anos de idade antes de se mudar para Hartlepool. Seu pai morreu quando McGovern tinha 11 anos. Ele freqüentou a Henry Smith's Grammar School, uma escola de rugby. No entanto, durante as férias escolares, sua mãe o enviou para ficar com sua avó em Boness. Foi em Boness que McGovern começou a jogar futebol com um grupo de amigos que ele fez por lá. Aos 15 anos, ele foi fazer um teste no Hartlepool United.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Hartlepool United[editar | editar código-fonte]

O jovem McGovern inicialmente queria jogar como um atacante mas foi inadequado para esse papel. Ele então começou a jogar como ala.Ele começou sua carreira profissional no quarto nível do futebol inglês com o clube local, Hartlepools Unidos (como o clube ainda era chamado na época). Sua estréia foi com 16 anos em 21 de maio de 1966 em um empate por 1-1 contra o Bradford City no último jogo dos Pools na temporada. Sob a administração de Brian Clough e Peter Taylor, ele se tornou um titular regular na temporada seguinte. O Hartlepool terminou em terceiro na temporada 1967/68 e subiu para a terceira divisão. Seu último jogo pelo Pools foi em 6 de setembro de 1968, na derrota por 2 x 1 para o Bristol Rovers. Depois de jogar seis jogos na temporada 1968/69, ele subiu uma divisão ao se transferir para o Derby County.

Derby County[editar | editar código-fonte]

Clough e Taylor mudaram-se para o Derby County em maio de 1967. Foi no Derby que Taylor transferiu McGovern para o meio-campo central para capitalizar a visão, o passe e o controle de bola com os dois pés. Em janeiro de 1969, ele foi titular no time do Derby que ganhou a promoção para a Primeira Divisão no final da sua primeira temporada. Dentro de um período de 18 meses e com 19 anos, ele jogou em todas as quatro divisões da Football League

Em 1971-1972, o Derby ganhou o título da Primeira Divisão e McGovern jogou em praticamente todos os jogos. Clough demitiu-se depois de uma briga com o presidente do Derby, Sam Longson. Longson apontou outro favorito do público como treinador, Dave MacKay

Mackay deu aos jogadores um pedaço de papel dizendo que aqueles que queriam com ele deveriam assiná-lo. McGovern foi o primeiro a assinar e, quando desafiado por outros jogadores, disse: "Quero jogar futebol. Não estou interessado em política".

Sua última partida no Derby veio em fevereiro de 1974. Mackay deu o lugar de McGovern para Bruce Rioch.[2][3]

Leeds United[editar | editar código-fonte]

Clough tentou contratar McGovern para o Brighton e Hove Albion mas McGovern não quis jogar a Terceira Divisão. Clough substituiu Don Revie Clough substituiu Don Revie como treinador do Leeds United em agosto de 1974 e novamente fez uma abordagem para McGovern. O Leeds pagou £125.000 pela transferência dupla de McGovern e John O'Hare. McGovern não foi selecionado para jogar quando Billy Bremner e Johnny Giles estavam disponíveis. McGovern fez quatro jogos na equipe titular quando Bremner foi suspenso depois de ser expulso na FA Charity Shield. O Leeds venceu uma, empatou duas e perdeu um dos quatro jogos de McGovern em agosto e setembro de 1974. O reinado de Clough foi de apenas 12 semanas em Elland Road e McGovern, O’Hare e o treinador Jimmy Gordon foram afastado do clube. Clough não se esqueceu de nenhum dos três e logo voltou a levar-os para seu novo clube, o Nottingham Forest.

Nottingham Forest[editar | editar código-fonte]

Brian Clough tornou-se treinador do Nottingham Forest em 6 de janeiro de 1975, doze semanas após o final de seu mandato de 44 dias como treinador do Leeds United. Clough trouxe Jimmy Gordon para ser seu auxiliar como tinha sido no Derby County e Leeds United.[4]

Clough assinou com McGovern e O'Hare em fevereiro. O Forest ficou em 13º na segunda divisão do futebol inglês naquela temporada. Na temporada seguinte, o Forest terminou em oitavo na primeira temporada completa de Clough no cargo. Foi nesta temporada que McGovern tornou-se o capitão do clube, assumindo o lugar um jogo no qual Bob 'Sammy' Chapman e Liam O ' kane estavam lesionados.

Em 16 de julho de 1976, Peter Taylor reuniu-se novamente com Clough, tornando-se seu auxiliar técnico, como ele havia sido quando venceu a liga no Derby. Juntos, Clough e Taylor levaram o Forest a novos patamares com McGovern, o capitão do clube, durante todo o sucesso que os dois trouxeram para Forest. Seu primeiro troféu no Forest foi a Copa Anglo-Escocesa de 1976-77.

No dia 7 de maio, o gol de Alan Moore fez com que o Forest no seu último jogo da temporada batesse o Millwall por 1 a 0 no City Ground. Isso manteve o Forest em terceiro lugar da tabela de classificação e fez eles subirem para a Primeira Divisão. A promoção do Forest em 1976-77 foi a quinta mais baixa pontuação de qualquer equipe promovida na história: 52 pontos (Uma vitória na Inglaterra valia dois pontos até 1981).

O Forest perdeu apenas três dos seus primeiros 16 jogos na Primeira Divisão e perderam apenas um jogo a mais durante toda a temporada. Eles venceram a Primeira Divisão de 1977-78 com sete pontos à frente do segundo colocado, Liverpool. O Forest tornou-se uma das poucas equipes (e a mais recente até o momento) a conquistar o título da Primeira Divisão na temporada após subir da Segunda Divisão. Eles derrotaram o Liverpool por 1 a 0 na final da Copa da Liga de Futebol de 1978, McGovern não jogou o jogo por causa de uma lesão, o que significou que Burns levantou o troféu como capitão substituto.

Forest começou a temporada de 1978-79 batendo o Ipswich Town por 5-0 em uma vitória recorde da FA Charity Shield. Na Liga dos Campeões de 1978-79, eles foram sorteados para jogar com o atual campeão, Liverpool. Os gols de Birtles e Colin Barrett colocaram o Forest na próxima fase. McGovern abriu o placar na vitória por 2 a 1 sobre o AEK Atenas na fase seguinte. Em 9 de dezembro de 1978, o Liverpool encerrou a série de 42 jogos invictos do Forest no campeonato, a série invicta foi o equivalente a uma temporada inteira superando o recorde anterior de 35 jogos realizados pelo Burnley em 1920/21. O recorde foi superado pelo Arsenal em agosto de 2004, o Arsenal jogou 49 jogos no campeonato sem derrota.

No primeiro jogo da semi-final da Liga dos Campeões, o Köln fez dois gols com 20 minutos. Forest marcou três gols e passou à frente antes do Köln empatar. No jogo de volta, o gol de Ian Bowyer mandou o Forest para a final. Günter Netzer perguntou depois do jogo: “Quem é esse McGovern? Eu nunca ouvi falar dele, mas ele comandou o jogo."

O Forest derrotou o Malmö FF por 1 a 0 no Olympiastadion na final da Liga dos Campeões de 1979. Mais tarde, McGovern foi entrevistado pelo "My Forest Story" e disse que: "quando levantei a Liga dos Campeões foi a primeira vez que pensei no meu pai." McGovern e Ken McNaught são os dois únicos jogadores escoceses a conquistarem o primeiro troféu de clubes da Europa e nunca terem jogado na Seleção Escocesa.

Forest venceu o Southampton na final da Taça da Liga por 3 a 2 e o clube foi bi-campeão do torneio. O Forest terminou em segundo lugar na Primeira Divisão de 1978-79, oito pontos atrás do Liverpool.

O Forest recusou-se a jogar a Copa Intercontinenta de 1979 contra o Club Olimpia do Paraguai. Forest bateu o Barcelona por 2-1 no agregado da Supercopa da UEFA de 1979 em janeiro e fevereiro de 1980. Na Copa da Liga de Futebol de 1979-80, O Florest chegou a sua terceira final consecutiva. Uma confusão entre Needham e Shilton deixou Andy Gray, do Wolves, livre para marcar o gol da vitória por 1-0. Eles venceram o Hamburgo por 1-0 na final da Liga dos Campeões de 1980, no estádio Estádio de Santiago Bernabéu, em Madrid e ganharam o bi-campeonato. Floresta terminou em quinto na Primeira Divisão desse ano.

Na primeira eliminatória da Liga dos Campeões de 1980-81, a Forest perdeu por 2-0 no agregado para o CSKA Sofia. McGovern disse posteriormente que a derrota para o CSKA afetou a confiança do time, já que eram melhores que o adversário. O Florest perdeu a Supercopa da UEFA de 1980 depois de um empate em 2 a 2 contra o Valencia. Em 11 de fevereiro de 1981, o Forest perdeu por 1 a 0 na Copa Intercontinental de 1980 contra o time uruguaio, Nacional. O jogo foi disputado pela primeira vez no estádio Estádio Olímpico de Tóquio para 62.000 torcedores.

No fim da temporada, McGovern se transferiu para o Bolton Wanderers.[5]

Bolton Wanderers[editar | editar código-fonte]

McGovern se juntou ao Bolton Wanderers como jogador-treinador em julho de 1982. Ele fez 16 jogos na Liga antes de se aposentar como jogador para se concentrar nas demandas da função de técnico. Ele permaneceu no clube até janeiro de 1985, quando perdeu o emprego depois que um novo presidente quis trazer um outro treinador.

Pós-Carreira[editar | editar código-fonte]

Ele terminou sua carreira jogando no Horwich RMI. Mais tarde ele foi auxiliar técnico no Chorley e no Plymouth Argyle antes de ser nomeado treinador do Rotherham United junto com Archie Gemmill em 1994. Ele deixou o Rotherham dois anos depois e foi contratado como treinador do Woking e teve um período como auxiliar técnico do Hull City antes de se juntar ao Ilkeston para substituir Keith Alexander como treinador em novembro de 2000. Ele foi demitido pelo clube em março do ano seguinte, após uma sequencia de oito jogo sem vitórias.[6]

Desde então, ele trabalhou como embaixador do Nottingham Forest, como comentarista da Radio Nottingham e como palestrante.

Legado[editar | editar código-fonte]

McGovern foi indicado em 2017 para o Hall da Fama do futebol escocês. Ele disse: "É um sentimento fantástico ter entrado no Hall da Fama Escocês. Embora eu possa não parecer escocês, eu sai de lá quando eu tinha sete anos de idade, eu sou um escocês orgulhoso tendo nascido e sido criado em Montrose".[7][8]

Carreira estatísticas[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Liga FA Cup Copa da Liga Europa Outros Total
Divisão Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Hartlepools United 1965–66 Quarta Divisão 1 0 0 0 0 0 1 0
1966–67 Quarta Divisão 33 1 1 0 0 0 34 1
1967–68 Quarta Divisão 33 4 1 0 1 0 35 4
1968–69 Terceira Divisão 18 0 0 0 1 2 6 2
Total 72 5 2 0 2 2 76 7
Derby County 1968–69 Segunda Divisão 18 0 1 0 0 0 19 0
1969–70 Primeira Divisão 33 4 4 0 6 0 43 0
1970–71 Primeira Divisão 34 6 3 0 2 1 3 1 42 8
1971–72 Primeira Divisão 40 3 5 0 1 0 5 1 51 4
1972–73 Primeira Divisão 39 1 5 0 3 1 8 1 0 0 55 3
1973–74 Primeira Divisão 26 2 0 0 3 0 29 2
Total 190 16 18 0 15 2 8 1 8 2 239 21
Leeds United 1974–75 Primeira Divisão 4 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0
Nottingham Forest 1974–75 Segunda Divisão 8 0 0 0 0 0 8 0
1975–76 Segunda Divisão 41 0 2 0 4 1 47 1
1976–77 Segunda Divisão 39 0 3 0 2 0 7 0 51 0
1977–78 Primeira Divisão 31 4 4 0 7 0 42 4
1978–79 Primeira Divisão 36 0 3 1 7 2 8 1 1 0 55 4
1979–80 Primeira Divisão 41 2 2 0 8 0 9 0 1 0 61 2
1980–81 Primeira Divisão 27 0 3 0 2 0 2 0 2 0 36 0
1981–82 Primeira Divisão 30 0 1 0 3 0 34 0
Total 253 6 18 1 33 3 19 1 11 0 334 11
Bolton Wanderers 1982–83 Segunda Divisão 14 0 0 0 4 1 18 1
1983–84 Terceira Divisão 2 0 0 0 0 0 0 0 2 0
Total 16 0 0 0 4 1 0 0 20 1
Total da Carreira 535 27 38 1 54 8 27 2 19 2 674 40

Títulos[editar | editar código-fonte]

Derby County
Nottingham Forest

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Leeds United F.C. History». www.ozwhitelufc.net.au. Consultado em 14 de maio de 2018 
  2. «John McGovern - (Part 1) 1968-71 - Derby County FC». archive.is. 22 de fevereiro de 2013 
  3. «John McGovern - (Part 2) 1971-74 - Derby County FC». archive.is. 22 de fevereiro de 2013 
  4. NFFCTube (1 de junho de 2015), My Forest story: John McGovern, consultado em 14 de maio de 2018 
  5. «John McGOVERN - League appearances for Forest. - Nottingham Forest FC». Sporting Heroes. Consultado em 14 de maio de 2018 
  6. «Managers » Ilsonfootball The Independent Ilkeston Football Website». www.ilsonfootball.co.uk. Consultado em 14 de maio de 2018 
  7. «McGovern inducted into Hall of Fame» (em inglês) 
  8. «McGovern Inducted Into Scottish Hall Of Fame». www.dcfc.co.uk (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2018