José António dos Reis Dâmaso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

José Antonio dos Reis Dâmaso, (1850-1895), foi um escritor português de estética naturalista e crítico literário. Foi defensor da radicalização do realismo na literatura. Colaborou nas revistas Era Nova [1] (1880-1881) e Revista de Estudos Livres [2] (1883-1886) dirigidas por Teófilo Braga, bem como na revista O Pantheon[3] (1880-1881) e ainda em Livre Exame [4] (1885-1886).

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Anjo da Caridade, romance, 1871
  • Cenografias, contos, 1882
  • Júlio Dinis e o Naturalismo, crítica, 1884

Referência[editar | editar código-fonte]

  • LUFT, Celso Pedro. Dicionário de literatura portuguesa e brasileira. Rio de Janeiro: Ed. Globo, 2ª edição, 1969.