José Bento Pessoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Bento Pessoa
José Bento Pessoa.jpg
José Bento Pessoa visto por Alfredo Roque Gameiro (1895)
Informação pessoal
Nascimento 7 de março de 1874
Figueira da Foz, Portugal
Morte 7 de julho de 1954 (80 anos)
Lisboa, Portugal
Cidadania Portugal Portugal
Ocupação Ciclista desportivo (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Informação equipa
Disciplina Estrada e Pista
Função Ciclista
Tipo de corredor Velocista
Maiores vitórias
3 Campeonatos Nacionais de Portugal
Campeonato de Espanha em Estrada (1897)
Recordista Mundial dos 500m em Pista (1897)
Grande Prémio Zimmerman (Berlim,1898)

José Bento Pessoa (Figueira da Foz, 7 de Março de 1874Lisboa, 7 de Julho de 1954[1]) foi um ciclista português, recordista mundial dos 500m,[2] que em 1897, venceu o Campeonato de Espanha de Ciclismo em Estrada.[3]
José também foi sócio fundador do Ginásio Clube Figueirense.[4] O nome oficial do Estádio Municipal José Bento Pessoa, foi dado em sua homenagem.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido na Figueira da Foz. De 1892 a 1905, com um interregno de 1902 a 1905 correu em Espanha, França (Paris) Bélgica (Gand), Suiça (Genebra), Itália (Turim) Alemanha (Berlim) e Brasil (Pará). Em Espanha disputou provas em Vigo, Corunha, Sevilha, Bilbau, Salamanca, Ávila e Madrid. Na capital de Espanha esteve continuamente oito meses e, em Paris, dois anos. Em Maio de 1897, na inauguração do velódromo de Chamartin, Madrid, ganhou a prova internacional e bateu o record mundial dos 500 metros, que pertencia a Edmond Jacquelin, baixando o tempo de 34,6 para 33,2 segundos.

Em Espanha, torna-se um ídolo, pois em 68 corridas, vence-as todas. A 10 de Abril de 1898, no Velódromo de Genebra, na Suíça, perante 20.000 pessoas, bate o invencível campeão suíço Théodore Champion.[5] Venceria outras corridas em Paris, e em Berlim a 8 de Maio de 1898, talvez o ponto mais alto da sua carreira, o Grande Prémio Zimmerman, à época a prova velocipédica mais importante da Europa, em honra de Arthur Augustus Zimmerman, vencendo o campeão do mundo Willy Arend.[6](…) Conquistou grande número de medalhas e objectos de arte, e entre os prémios pecuniários que obteve conta-se o que ganhou no Pará – 10 contos fortes.

(…) Quando as notícias das vitórias chegavam à sua terra, o entusiasmo dos figueirenses expandia-se em manifestações ruidosas e festivas: saíam as filarmónicas, a fachada do Teatro Príncipe iluminava, havia marchas, au flambeaux – uma loucura. E quando o campeão vinha descansar – meia Figueira ia festejá-lo. Chegou a ir da estação do Caminho-de-ferro para casa aos ombros dos mais entusiastas. Isto aconteceu, por exemplo, quando, logo a seguir à derrota de José Bento, nas festas do S. João de 1901, ele regressou do Porto, onde vencera duas vezes José Dionísio no Velódromo Maria Amélia. (…) Em 1 de Setembro de 1901, os clubes ciclistas do país prestaram uma homenagem ao grande campeão. Para lhe ser entregue uma mensagem e um brinde, organizou-se a estafeta ciclista Lisboa-Figueira. José Bento Pessoa foi não só um campeão mundial, o maior ciclista de velocidade do seu tempo, mas também um treinador competente.[7]

Placa de Homenagem da cidade da Figueira da Foz a José Bento Pessoa

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Correia, Romeu (2013). "José Bento Pessoa – Biografia" Casino da Figueira da Foz, (2 ed). ISBN 978-989-97881-9-0

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Correia, Romeu (2013). Casino da Figueira da Foz, ed. José Bento Pessoa – Biografia (PDF) 2 ed. [S.l.]: Arquivo Histórico do Ginásio Clube Figueirense. ISBN 978-989-97881-9-0 
  2. «José Bento Pessoa recordista mundial em 1897» (PDF). Federação Portuguesa de Ciclismo 
  3. Sánchez, Ray (22 de maio de 2015). «Y Madrid aprendió a montar en bici» (em espanhol). El Mundo 
  4. Lusa (31 de outubro de 2015). «Prémios Nacionais Bento Pessoa entregues na Figueira da Foz». SAPO Desporto. SAPO 
  5. "O Tiro Civil", edição de 15 de Abril de 1898, pág.7
  6. "O Tiro Civil", edição de 15 de Maio de 1898, pág.7
  7. In, Cardoso, J. Sousa, Ginásio Clube Figueirense, subsídios para a sua história (1895-1944), Figueira da Foz, 1944
Cycling (road) pictogram.svg Este artigo sobre um(a) ciclista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.