Juan Gutierrez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Juan Gutierrez
Nascimento 1859
Morte 1897 (38 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação fotógrafo
Túnel Velho, em Copacabana, 1893/1894
Morro do Castelo, 1893/1894
Revolta da Armada: trabalhadores empurrando um canhão, 1894

Juan Gutierrez de Padilla (1859 - 1897) foi um fotógrafo espanhol, nascido nas Antilhas.

Estabeleceu-se no Rio de Janeiro por volta de 1880, como proprietário da loja Photographia União, na Rua da Carioca. Tornou-se fotógrafo da Casa Imperial em 1889, último ano do Império do Brasil[1].

Em 1893, foi contratado pelo Exército para documentar a preparação das tropas que enfrentariam os revoltos durante a Revolta da Armada. A série de fotos sobre o tema é considerada a sua principal contribuição para a fotografia no Brasil[2][3].

Entretanto, foi também paisagista, tendo fotografado várias cenas do Rio Antigo. Era amigo dos boêmios e frequentador das casas noturnas da cidade.

Alistou-se como voluntário para combater na Guerra de Canudos, tendo morrido em combate em 1897[4].

Referências

  1. Gutierrez, Juan (1859 - 1897). Enciclopédia Itaú Cultural - Artes Visuais
  2. CASTRO, Adler Homero Fonseca. A fotografia de Juan Gutierrez na Revolta da Armada: um código a ser decifrado. Rede da memória virtual brasileira - Fundação Biblioteca Nacional
  3. Juan Gutierrez - Biografia. Catálogo das Artes
  4. SANTOS, Antonio Carlos. Anotações sobre algumas imagens do século XIX Revista Terra Roxa e Outras Terras v. 12, junho de 2008

Ligações externas[editar | editar código-fonte]