Kanban Tool

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Kanban Tool é um Quadro Kanban [1] virtual baseado em no método Kanban originalmente definido por David Anderson como uma abordagem ao processo evolucionário, incremental e mudança de sistemas para organizações.[2][3] Esse Software aplicativo visa ajudar as pessoas a visualizarem e otimizarem o desempenho atual da carga de trabalho, tempo de trabalho, e permitir uma melhoria constante.[4][5]

Publicação e Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 2009, o Kanban Tool foi apresentado por Shore Labs, uma empresa fundada por Zbigniew Zemła.[6][7] Ele foi atualizado da versão beta para a versão completa em fevereiro de 2010. Um ano depois, a Shore Labs anunciou a primeira versão beta pública do Kanban Tool API que permite aos usuários enviar e receber informações entre o Kanban Tool e outros aplicações web.[8] Em 23 de março de 2013, uma Ferramenta Hospedável no Local foi publicada.[9] Em Abril de 2014, um módulo rastreador de tempo foi lançado.[10]

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

O Kanban Tool é construído em cima do MySQL, Ruby on Rails e Backbone.js.[11]

Principais Características[editar | editar código-fonte]

Kanban Tool Board

O Kanban Tool é um quadro Kanban virtual com analíticas Kanban de núcleo, incluindo diagrama de fluxo cumulativo, diagrama de ciclo de desenvolvimento e de fabricação, e gráficos discriminativos. Ele também possui suporte para colaboração em tempo real como colaboração de documentos|compartilhamento de documento entre equipes de trabalho.[1] O Kanban Tool também fornece rastreamento de tempo e relatórios de tempo[1] e está disponível em Inglês, Polonês, Alemão, Espanhol, Português e Russo.[12]

Prêmio[editar | editar código-fonte]

Em 2012, o Kanban Tool ganhou em primeiro lugar o prêmio de “Melhor Companhia Start-up com Potencial global” durante o II New Economy Forum da Start-up Boot Camp, organizado pelo Conselho Americano de Cooperação Polonês.[12]

Capacidades de integração[editar | editar código-fonte]

• API • Dropbox, Google Drive, SkyDrive, Box • Google calendar, iCal e Outlook • Zapier • Jira • Excel, CSV • Chromecast

Veja também[editar | editar código-fonte]

Link externo[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c Noorani, M. «Kanban Tool Software Review: Overview – Features – Pricing». Project Management Software Reviews. Consultado em 25 de janeiro de 2016. 
  2. Anderson, David J. (2010). Kanban - Successful Evolutionary Change for Your Technology Business. Washington, D.C.: Blue Hole Press. ISBN 978-0-9845214-0-1 
  3. Anderson, David J. (2003). Agile Management for Software Engineering: Applying the Theory of Constraints for Business Results. New Jersey: Prentice Hall. ISBN 0-13-142460-2 
  4. Mead, N. (14 de novembro de 2013). «The best online tools to apply Kanban methodology». Bitelia.com. Consultado em 30 de junho de 2014. 
  5. Moran, M. (19 de janeiro de 2011). «Kanban for Short Intense Projects: How We Used Kanban to Visualize Our Hiring Process Workflow and Make Our Lives Easier». Personal Kanban. Consultado em 25 de janeiro de 2016. 
  6. «Nieśmiertelne karteczki w wirtualnej odsłonie». Poland. Startup Magazine (em Polish): 6-7. Janeiro de 2013. ISSN 2083-909X 
  7. Eckenfels, M. (junho de 2014). «Tolle Tafeln». Germany: Linux New Media. Linux Magazin (em German): 44-45. ISSN 1432-640X 
  8. «API and comment notifications». Shore Labs. 13 de fevereiro de 2011. Consultado em 29 de junho de 2014. 
  9. «Kanban Tool On-Site». Shore Labs. 23 de março de 2013. Consultado em 25 de janeiro de 2016. 
  10. «Kanban Tool introduces seamless Time Tracking». Shore Labs. 16 de abril de 2014. Consultado em 29 de junho de 2014. 
  11. «Projects and Companies using Backbone». GitHub.com. Consultado em 30 de junho de 2014. 
  12. a b Liles, K. (21 de junho de 2013). «Kanban Tool—Sign, Sign, Everywhere a Sign». Killer Startups. Consultado em 25 de janeiro de 2016.