Kenya Moore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kenya Moore
Nascimento 24 de janeiro de 1971 (47 anos)
Detroit
Cidadania Estados Unidos
Etnia afro-americano
Alma mater Wayne State University
Ocupação produtor cinematográfico, atriz de cinema, ator de televisão, modelo, competidor de concurso de beleza

Kenya Summer Moore (Detroit, Michigan, 24 de janeiro de 1971) é uma modelo e atriz americana que venceu o concurso de Miss USA em 1993. No Miss Universo 1993, foi uma das seis finalistas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Moore nasceu em Detroit e foi criada pela sua avó, Doris. Formou-se na Cass Technical High School, instituição cujos alunos famosos são Diana Ross, David Alan Grier, Lily Tomlin e a Miss USA de 1990 Carole Gist (primeira afro-americana a vencer a etapa nacional do Miss Universo). Após o ensino médio, a futura miss se matriculou na Wayne State University, onde se formou em psicologia.

Vida de miss[editar | editar código-fonte]

Miss USA 1993[editar | editar código-fonte]

Em 1993, Moore competiu em todas as etapas que resultaram na sua eleição como Miss USA daquele ano. Venceu o Miss Michigan USA, etapa de seu Estado para o concurso nacional, realizado em 19 de fevereiro na cidade de Wichita (Kansas). Recebeu a coroa de sua antecessora, Shannon Marketic, da Califórnia.

As vaias na Cidade do México[editar | editar código-fonte]

No Miss Universo 1993, realizado em 21 de maio na Cidade do México, Kenya Moore foi vaiada ao ter seu nome anunciado entre as 10 semifinalistas (a candidata do país-sede não se classificara). Esse episódio voltou à tona quando Rachel Smith foi hostilizada durante a entrevista final do top 5 pelos torcedores mexicanos, inconformados com a não classificação de Rosa Ojeda para a fase que definiu a japonesa Riyo Mori como a Miss Universo 2007.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Após fazer sua sucessora, em 1994, Moore passou a trabalhar como atriz. Sua estreia aconteceu no longa Waiting to Exhale (1995), no papel de Denise. Além de ter trabalhado como apresentadora de videoclipes no canal BET, ela passou a atuar em séries como The Fresh Prince of Bel-Air (Um Maluco no Pedaço, exibida no Brasil pelo SBT).

Ela criou a Kenya Moore Foundation, entidade que cuida da concessão de bolsas escolares para alunas carentes para estudarem na escola-mãe do ensino médio americano. Em 2007, Kenya lançou seu livro Game, Get Some!, dirigido ao público masculino e revela segredos para a conquista da mulher de seus sonhos e também revela os segredos do homem dos sonhos que as mulheres devem conquistar.

Atuações[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]