Ki no Haseo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ki no Haseo
Nascimento 845
Morte 1 de março de 912
Cidadania Japão
Filho(s) Kishukou, Ki no Yoshimochi
Ocupação poeta, escritor

Ki no Haseo ( 纪长谷雄 ? , 845 - 1 de março de 912) [1], foi um político, acadêmico e poeta do Período Heian da História do Japão.

Haseo estudou inicialmente com Okura Yoshiyuki [1], e em seguida com Sugawara no Michizane que o reconhece - além dele próprio - como o único poeta que segue o verdadeiro caminho da poesia [2] . Foi um grande conhecedor de Kanbun e Kanshi [2]. Como o autor de poemas em chinês, ele é comparado com Bai Juyi [3]. No entanto, de sua poesia, só nos chegaram alguns poemas nas antologias Honchō monzui e Fusō-shu bem como fragmentos de sua própria antologia Kika-shu [3].

Haseo foi chefe dos arquivistas ( 図书头 Zusho-no-kami?) do Bureau do Arquivo da Corte ( 図书寮 Zusho-ryō?) e confidente do Imperador Uda . Como tal, fica mesmo depois de sua abdicação, para ser nomeado Chūnagon em 911. Como tal, foi professor conselheiro do Imperador Daigo e contribuiu para a elaboração do código legal Engishiki [3].

Referências

  1. a b Kino Haseo na "Enciclopédia Asahi de História do Japão" (em japonês) página visitada em 7/9/2013
  2. a b H. Richard Okada Figures of Resistance: Language, Poetry, and Narrating in The Tale of the Genji and Other Mid-Heian Texts (em inglês) Duke University Press, 1991 p. 61 ISBN 9780822311928
  3. a b c Louis Frédéric "Japan Encyclopedia" (em inglês) Harvard University Press, 2002 p.523 ISBN 9780674017535