Klauss Vianna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Klauss Vianna (Belo Horizonte, 1928São Paulo, 1992) foi um bailarino e coreógrafo brasileiro.

Teve aulas de balé clássico no período de 1944 a 1948 com Carlos Leite, com quem se formou. Fez curso com Maria Olenewa em 1949, em São Paulo, e cursos de Anatomia Aplicada ao Movimento e Iniciação Musical na UFBA.

Escreveu o livro A Dança, e desenvolveu um método próprio para a expressão corporal na dança e no teatro, que seu filho Rainer posteriormente viria a sistematizar (a chamada Técnica Klauss Vianna). Fundou, junto a Angel Vianna (sua esposa), o Balé Klauss Vianna, em 1962. Lecionou na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia, onde revolucionou o curso incluindo na grade aulas de Anatomia à Capoeira.

Foi professor de balé clássico na Escola Municipal de Bailados, no Teatro Municipal do RJ de 1966 a 1980; no Estúdio Tatiana Leskova de 1966 a 1974; e na PUC/RJ de 1975 a 1976.

Foi diretor da Escola de Bailado Municipal de São Paulo entre 1981 e 1985 e diretor artístico do Balé da Cidade de São Paulo, e membro do Conselho Estadual de Dança da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo (1982).

Trabalhos escolhidos[editar | editar código-fonte]

  • Caso do vestido (1955)
  • Cobra grande (1957)
  • Arabela, a donzela e o mito (1960)
  • Navalha na carne (1965)
  • O jardim das cerejeiras (1966)
  • O arquiteto e o imperador (1970)
  • As hienas (1971)
  • A dama de copas e o rei de Cuba (1974)
  • Teu nome é mulher (1978)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre bailarino, dançarino ou coreógrafo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.