Língua aquitana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A língua aquitana ao sul dos Pirenéus, cerca de 300 a.C.

A língua aquitana era falada em ambos os lados dos Pirenéus ocidentais na antiga Aquitânia, (aproximadamente entre os Pirenéus e o Garona, região posteriormente conhecida como Gasconha) e nas áreas ao sul dos Pirenéus, principalmente nos vales do País Basco antes da conquista desta região pelos romanos.

Evidências arqueológicas, toponímicas e históricas mostram que ela era uma língua vascónica ou pertencente ao grupo que foi o precursor da língua basca.[1] As mais importantes peças de evidência são uma série de textos votivas e funerários em latim, que contêm cerca de 400 nomes pessoais e 70 nomes de deuses.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Larry Trask The History of Basque Routledge: 1997 ISBN 0-415-13116-2
Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.