Língua de Socna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Socna

Tasuknit

Outros nomes:Sawknah, Sukna
Falado(a) em: Fezã,  Líbia
Extinção: Desconhecido
Família: Berbere
 Berbere oriental
  Socna
Escrita: tifinague, árabe e latino[1]
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: swn

Socna (em árabe: سوكنة; em berbere: ⵜⴰⵙⵓⴽⵏⵉⵜ; romaniz.: Tasuknit[1]) e uma língua berbere oriental falada em Socna e Fogaha.[2] De acordo com Václav Blažek, também era falada no oásis de Tmessa.[3]

A língua de Socna tem alguns poucos empréstimos do árabe e alguns selás.[4] Os materiais mais extensos e recentes sobre ela são Sarnelli (1924) para o ramo de Socna[5] e Paradisi (1963) para o de Fogaha.[6]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Blažek, Václav Blažek (1999). «Numerals: Comparative-etymological Analyses of Numeral Systems and Their Implications: Saharan, Nubian, Egyptian, Berber, Kartvelian, Uralic, Altaic and Indo-European Languages». Filozofická Fakulta: Opera Universitatis Masarykianae vol. 332. Bruno: Facultas Philosophica - Masarykova Univerzita Brno. ISBN 9788021020702 
  • Editores (1821). The New Edinburgh Review Vol. I - July-October 1821. Edimburgo: Waugh and Innes 
  • Paradisi, Umberto (1963). «Il linguaggio berbero di El-Fogaha (Fezzan)». Istituto Orientale di Napoli XIII: 93-126 
  • Sarnelli, Tommaso (1924). «Il dialetto berbero di Sokna: Materiali lessicali, testi manoscritti in caratteri arabi, con trascrizione e traduzione». Supplemento all'Africa Italiana 
  • Suleiman, Yasir (2013). Language and Identity in the Middle East and North Africa. Londres e Nova Iorque: Routledge