Línguas lezgic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lezgic
Falado em: Daguestão, Azerbaijão
Total de falantes: ~995 mil
Família: Caucasiana nordeste
 Lezgic
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---

As Línguas Lezgic fazem parte de um dos sete ramos línguas caucasianas do nordeste. Somente as línguas Lezgui e Tabassarão têm própria literatura.

Classificação[editar | editar código-fonte]

  • Periferia: Archi – 1200 falantes[1]
  • Samur[2] (Nuclear Lezgic)
  • Samur Leste
    • Udi – 5.700 falantes
    • Lezgi–Aghul–Tabasaran[2]
  • Samur Sul
    • Kryts – 6.000 falantes (1975)
    • Budukh – 1.000 falantes
  • Samur Oeste

Sonoridade das consoantes ejetivas[editar | editar código-fonte]

As línguas Lezgic se mostram relevantes na “teoria glotálica” das línguas indo-europeias, pois muitas delas se submetem à sonorização das consoantes ejetivas que foi postulada mas muitos especialistas como que zombam por ser algo improvável nessa família linguística. As correspondências não foram bem trabalhadas (a língua Rutulk é inconsistente nos exemplos tomados), mas alguns raros exemplos são:

  • Não-Lezgic: Avar tstsʼar; Lezgic: Rutul dur, Caxur do 'nome'
  • Não-Lezgic: Archi motʃʼor, Lak tʃʼiri; Lezgic: Rutul mitʃʼri, Tabassarão midʒir, Aɡul mudʒur 'barba'
  • Não-Lezgic: Avar motsʼ; Lezgic: Tabassarão vaz 'moon'

Moficicação similar ocorreu na posição Não-inicial nas línguas Nakh.[3]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Ethnologue report for Archi
  2. a b «Languages in the Caucasus, by Wolfgang Schulze (2009)» (PDF). Consultado em 29 de julho de 2013. Arquivado do original (PDF) em 10 de junho de 2011 
  3. Paul Fallon, 2002. The synchronic and diachronic phonology of ejectives, p 245.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]