Lúcio Veleio Patérculo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lúcio Veleio Patérculo
Cônsul do Império Romano
Consulado 61 d.C.

Lúcio Veleio Patérculo (em latim: Lucius Velleius Paterculus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o segundo semestre de 61 com Cneu Pedânio Fusco Salinador[1]. Era provavelmente o irmão mais novo de Caio Veleio Patérculo e neto do historiador Veleio Patérculo. Seu mandato é atestado por uma inscrição encontrada em Vindobona[2], na Panônia Superior, e numa téssera nummularia[3].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
'Nero IV

com Cosso Cornélio Lêntulo
com Caio Veleio Patérculo (suf.)
com Marco Manílio Vopisco (suf.)

Públio Petrônio Turpiliano
61

com Lúcio Júnio Cesênio Peto
com Cneu Pedânio Fusco Salinador (suf.)
com Lúcio Veleio Patérculo (suf.)

Sucedido por:
'Públio Mário

com Lúcio Afínio Galo
com Quinto Mânlio Ancário Tarquício Saturnino (suf.)
com Públio Petrônio Níger (suf.)
com Quinto Júnio Marulo (suf.)
com Tito Clódio Éprio Marcelo (suf.)


Referências

  1. Gallivan, p. 302
  2. CIL XVI, 4 = Smallwood Nr. 296. Quase idêntica a AE 1998, 1056, encontrada em Cornacum (moderna Vukovar), na Panônia Inferior.
  3. CIL 1.1 776b.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Pugliese Carratelli, Giovanni (1946). «Tabulae Ceratae Herculanenses». La Parola del Passato (em inglês) (1): 373–385, esp. 382 
  • Gallivan, Paul A. (1974). «Some Comments on the Fasti for the Reign of Nero». Classical Quarterly (em inglês) (24): 290–311, esp. 302