Lauda (música)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Junho de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Lauda é um gênero musical da música sacra italiana, popular na época da Roma renascentista nos séculos XVI e XVII.

Características[editar | editar código-fonte]

Uma canção de devoção não litúrgica, de caráter popular. Alguns textos eram em italiano, outros em latim, a música era a 4 vozes, sendo melodias extraídas de canções profanas. Cantadas em reuniões semipúblicas de crentes, quer a Cappella ou com instrumentos tocando as três vozes mais graves. Na sua maioria, silábicas, homofônicas e ritmicamente regulares, com melodias quase sempre situadas na voz mais aguda. Tinham simplicidade nas harmonias e eram extremamente expressivas. Próximas no espirito e no propósito da música litúrgica, raramente incorporavam temas gregorianos e não revelaram grande influência do estilo musical sacro franco-flamengo. Pelo contrario, foram os compositores dos Países baixos que na Itália se aperceberam, ao ouvirem as laudes e frottola.[nota 1]

Notas

  1. Palisca, Grout. História da Musica Ocidental. [S.l.]: Editora Gradiva, 2007. 760 p. ISBN 9726623820
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.