Liceu Ludgero Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Liceu Ludgero Lima
LLL
Informação
Localização Cabo Verde Cabo Verde
Endereço Mindelo
Tipo de instituição Escola pública de ensino secundário
Abertura 12 de agosto de 1856 (164 anos)
Diretor(a) José Cândido Delgado[1]

O Liceu Ludgero Lima (LLL) é uma escola de ensino secundário do Mindelo, na Ilha de São Vicente, em Cabo Verde. Também é conhecido por sua denominação histórica "Liceu Nacional de Cabo Verde".

É a mais antiga escola secundária do arquipélago, sendo uma das mais tradicionais instituições de ensino do país.[2]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O Liceu Ludgero Lima iniciou seu percurso ainda no século XIX, numa altura em que somente havia uma escola secundária fora da metrópole, o Liceu de Goa.

Fundação[editar | editar código-fonte]

Tradicionalmente considera-se que a instituição que deu origem ao ensino liceal em Cabo Verde tenha sido o Seminário-Liceu de São Nicolau de Cabo Verde, criado por lei, em 12 de agosto de 1856, na Ribeira Brava.[3]

Pela lei n.º 701, de 13 de junho de 1917, o Ministério das Colónias extingue Seminário-Liceu, criando em seguida o Liceu Nacional de Cabo Verde. Em 8 de outubro de 1917, pelo decreto n.º 3:435, o Liceu Nacional fixou-se na ilha de São Vicente, no Mindelo.[3]

Mais tarde, em 15 de janeiro de 1926, a instituição foi denominada como Liceu Central Infante D. Henrique, após publicação do diploma legislativo colonial n.º 92.[3]

Extinção e refundação[editar | editar código-fonte]

Em 28 de outubro de 1937, a Rádio Colonial Portuguesa dava nota de um decreto que extinguia o Liceu Central Infante D. Henrique. Em poucos minutos, São Vicente ficou a conhecer essa notícia. A comoção popular pelo fechamento da instituição foi tamanha, que a manchete do Jornal Notícias de Cabo Verde (São Vicente, 1931-1962) do dia 1º de novembro, véspera do dia de finados, veio com uma tarjeta negra e letras garrafais com os dizeres "Cabo Verde de Luto!".[3]

Isto fez os poderes políticos - como a Câmara Municipal, a reuniu-se em sessão extraordinária em protesto pelo fechamento -, a Associação Industrial, Comercial e Agrícola de Barlavento, a Associação de Pais, a União Nacional, professores e alunos e população de todas as categorias enviarem um telegrama ao governador da província solicitando medidas imediatas para a reabertura do Liceu.[3]

Impressionados com a tamanha movimentação, em 9 de novembro de 1937, o ministro do Ultramar expediu um novo decreto em que o liceu deveria reabrir as aulas imediatamente, agora com o nome Liceu Gil Eanes. O Jornal Notícias de Cabo Verde deu a seguinte nota sobre a reabertura do Liceu:[3]

Em 1955, na sequência da visita do Presidente da República Francisco Craveiro Lopes, foi criada na cidade da Praia a "Secção do Liceu Gil Eanes".[3]

Até o ano de 1968 a instituição estava albergada na Casa Senador Vera Cruz (edifício onde hoje funciona a Escola Preparatória Jorge Barbosa), na Praça Nova, no Mindelo. O edifício atual é de autoria de Eurico Pinto Lopes, arquiteto habituado a projetar para regiões tropicais.[4]

Pós-independência[editar | editar código-fonte]

Por meio do despacho de 19 de maio de 1975, do Ministério da Educação, o Liceu Gil Eanes passa a ser Liceu Ludgero Lima, em homenagem a Ludgero Lima, ex-funcionário do Liceu,[5] que, em 1969, aderiu à luta de libertação para a independência de Cabo Verde. Faleceu a 23 de Março de 1975, vítima de acidente de avião.[6]

Perto da instituição completar cento e sessenta anos, em 2014, o edifício-sede do liceu (prédio já quase cinquentenário) encontrava-se com estrutura muito degradadas.[7]

Referências

  1. Presidente da República profere hoje uma aula magna no Liceu Ludgero Lima em São Vicente tendo como tema “Constituição e Democracia”. Radiotelevisão Caboverdiana. 20 de abril de 2017
  2. Centenário do Liceu de S.Vicente: Colóquio e várias actividades para lembrar o seu legado para o país Arquivado em 26 de setembro de 2017, no Wayback Machine.. Jornal A Semana. 22 de Março de 2017
  3. a b c d e f g Brito-Semedo. Centenário do Liceu Nacional de Cabo Verde (1917-2017). Esquina do Tempo, 10 de Setembro de 2016
  4. Milheiro, Ana Vaz. Liceu Nacional. Heritage of Portuguese Influence/ Património de Influência Portuguesa — HPIP. 2008
  5. Brito-Semedo. 100 anos do Liceu em Cabo Verde. Esquina do Tempo. 16 de Junho de 2017
  6. Liceu Ludgero Lima (História). Blog do Liceu Ludgero Lima. 7 de fevereiro de 2013
  7. A decadência do Liceu Ludgero Lima de 1984 a 2014. Expresso das Ilhas. 2014