Liga Santa dos Balcãs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Liga Santa dos Balcãs foi uma aliança defensiva entre o Sacro Império Romano-Germânico e as potências balcânicas com vista a impedir a expansão do Império Otomano no sudeste da Europa nos séculos XVII e XVIII.

Idealizada a partir de 1684 pelo Papa Inocêncio XI; no âmbito da Grande Guerra Turca; com vistas a barrar a expansão territorial otomana nos Balcãs.

Contou com a adesão de Leopoldo I do Sacro Império Romano Germânico e de Jan III Sobievski da República das Duas Nações, além do apoio da República de Veneza.  A regente Sofia Alexeievna da Rússia aderiu à Santa Liga a partir de 1686.

As forças da Imperiais obtiveram vitórias expressivas nas Batalhas de Mohács (1687) e Zenta (1697).

A aliança perdurou até o final da Grande Guerra Turca em 1699, quando foi assinado o Tratado de Karlowitz.


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.